Connect with us

Uncategorized

DEVOLUÇÃO do auxílio emergencial: Governo vai enviar SMS para pegar dinheiro de volta

Publicado

on

Neste ano de 2021, mais uma vez o Governo Federal deverá realizar os envios do SMS com o objetivo de cobrar os beneficiários que receberam o auxílio emergencial indevidamente. A proposta é que quem receber não se encaixando dentro das regras, terá que fazer a devolução do dinheiro.

Estima-se que, ao todo, mais de 2,3 milhões de brasileiros recebam o SMS enviado pelo Governo Federal. A princípio, o envio será feito em dois lotes. Ainda não se sabe qual o valor foi pago indevidamente e nem quanto será restituído aos cofres do governo.

A estratégia também foi usada no ano passado, quando o governo obteve os seguintes resultado com a aplicação da medida:

  • Em dezembro, o governo federal enviou SMS’s, para 1,2 milhão de pessoas, solicitando a devolução de valores do auxílio emergencial;
  • Apenas 30.370 de beneficiários fizeram a restituição, ou seja, 2,4% do total;
  • A expectativa do governo no ano passado era recuperar um valor significativo de 1,57 bilhão;
  • Apenas 47 milhões foram recuperados (o que representou menos de 5% do esperado).

A princípio, nem todas as bases de dados disponíveis pelo governo puderam barrar as possíveis fraudes. “No processo de verificação de elegibilidade e concessão dos benefícios são utilizadas cerca de 16 bases de dados de registros administrativos do Governo Federal, e ainda, outras bases de dados, disponibilizadas por órgãos de Controle Interno e Externo da Administração Pública”, informou.

Ministério diz que medida teve sucesso

Em um ofício, o governo federal revelou que o reenvio de SMS’s acontecerá “tendo em vista o sucesso da estratégia”.

Segundo o texto, a partir de agora, também serão encaminhadas mensagens para pessoas que foram identificadas depois.

Segundo dados do ministério da Cidadania, em nota ao G1, o índice de possíveis fraudes do auxílio emergencial em 2020 foi de 0,44%. O benefício neste ano “reforçou como pilares a proteção social e econômica aos mais vulneráveis e o compromisso com a responsabilidade fiscal”, destacou a nota.

Quem recebeu o pagamento indevido?

Um grupo bastante incomum recebeu mensagem para devolver o dinheiro do Auxílio Emergencial: presos no regime fechado, revelou o G1.

De acordo com site, o envio de mensagens de textos do governo para devolver o auxílio emergencial chegou para os seguintes grupos:

  • Servidores públicos civis;
  • Militares;
  • Aposentados;
  • Presos do regime fechado;
  • Pessoas que tinham renda

Como devolver o dinheiro do Auxílio Emergencial?

Basta o cidadão acessar o site do Ministério da Cidadania (clicando aqui) e inserir o CPF e data de nascimento do beneficiário. Outros dados podem ser solicitados.

Depois de confirmar os dados, será necessário emitir uma Guia de Recolhimento da União (GRU). O pagamento deve ser feito no Banco do Brasil, seja pela internet, caixas eletrônicos ou atendimento presencial.

Para notícias 24 horas por dia, siga nossa rede social abaixo : 

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

Clique aqui e siga-nos no Twitter

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de Telegram

Publicidade

PUBLICIDADE

Publicidade

COLUNISTA FOTOGRAFICO

COLUNISTA VARIEDADE

Publicidade
error: O conteúdo está protegido !!