Connect with us

destaque

Auxílio Emergencial: o que se sabe até agora sobre a possível prorrogação

Publicado

on

O Governo Federal ainda não decidiu o que vai fazer com o Auxílio Emergencial nos próximo semestre. Uma das ideias é prorrogar o programa por mais alguns meses. No entanto, eles ainda não bateram o martelo sobre isso. Na imprensa, alguns detalhes sobre essa possível prorrogação estão saindo.

Nesta quinta-feira (3), o colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, disse que o Governo bateu o martelo quanto a este assunto. De acordo com ele, o Planalto decidiu que vai prorrogar o benefício por mais um tempo. Eles estariam apenas esperando o momento certo para anunciar isso.

Ainda de acordo com Jardim, eles optaram por prorrogar o programa por mais dois meses. Então, o projeto não chegaria ao fim mais em julho e sim em setembro. Ao todo, o Auxílio Emergencial teria portanto cinco pagamentos de valores que variam entre R$ 150 e R$ 375.

Falando em valores, esses não mudariam. Então em uma possível prorrogação do benefício, não haveria um aumento desses montantes. O Governo segue afirmando que não pode pagar mais por uma questão de respeito com as contas públicas.

Também se sabe que o tamanho da prorrogação vai definir a data de início do novo Bolsa Família. Esse, aliás, é um ponto que o Governo vem batendo muito na tecla. Se o programa durar até o próximo mês de setembro, por exemplo, o novo Bolsa começaria portanto em outubro.

Auxílio Emergencial

Inicialmente o Auxílio Emergencial não iria voltar de jeito nenhum neste ano de 2021. Essas foram as palavras do próprio Ministro da Economia, Paulo Guedes, no início de janeiro. No entanto, a situação da pandemia acabou mudando esses planos e o projeto voltou.

Depois de um longo debate no Congresso Nacional, os pagamentos do Auxílio retomaram no início do último mês de abril. A previsão inicial era pagar quatro parcelas. Assim, esses repasses chegariam ao fim no mês de julho. O novo Bolsa família entraria em cena portanto a partir de agosto.

Oficialmente, é isso o que ainda está valendo de forma oficial. Todas as informações sobre prorrogação do Auxílio ainda estão no campo dos burburinhos. O Governo Federal não está falando publicamente sobre esse assunto ainda.

Bolsonaro

O Presidente Jair Bolsonaro, por exemplo, se envolveu em uma polêmica nesta semana. Ele criticou duramente as pessoas que estão pedindo a prorrogação do Auxílio. Entre outras coisas, ele disse que esses brasileiros deveriam tirar um empréstimo em um banco se quiserem mais dinheiro.

“Nós gastamos em 2020 com auxílio emergencial o equivalente a 10 anos de Bolsa Família. E tem gente criticando, falando que quer mais. Como é endividamento por parte do governo, quem quer mais é só ir no banco e fazer empréstimo”, disse o Presidente.

Recentemente, aliás, Bolsonaro também criticou as pessoas que estão pedindo o aumento do benefício. Neste caso, no entanto, a crítica foi muito mais voltada ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Na ocasião, o Presidente disse que o os governantes anteriores não pagaram um auxílio de R$ 600 e agora estão exigindo isso.

Fonte: Notícias Concursos

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

Clique aqui e siga-nos no Twitter

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de Telegram

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WPP-1024x338.jpg

PUBLICIDADE

Publicidade

COLUNISTA FOTOGRAFICO

COLUNISTA VARIEDADE

Publicidade
error: O conteúdo está protegido !!