Connect with us

destaque

Mais de 70 mil brasileiros tiveram o cartão de crédito vazado; Veja o caso!

Publicado

on

As empresas de segurança cibernética Q6, D3lab e Cyble identificaram o vazamento de um grande número de cartão de crédito de clientes brasileiros. A maior parte destes cartões eram de grandes bancos, como Nubank, Banco do Brasil, Itaú, Santander e Bradesco.

Um grupo russo chamado “All World Cards” está oferecendo de forma gratuita as informações roubadas para outros criminosos na darkweb, um conjunto de páginas com o pior do que se pode imaginar.

De acordo com as informações que foram publicadas no mercado clandestino, ficou constatado que os dados vazados são de 2018 a 2019. Além das informações vazadas sobre cartão de crédito, também foram informados nome, país, cidade, endereço, CEP, e-mail e número de telefone.

No segundo semestre do último ano, os hackers colocaram à venda as informações de mais de 45 milhões de cartões comprometidos para mercados clandestinos. Os criminosos usam os cartões de crédito para realizar compras online, incluindo a aquisição de cartão-presente, que são ainda mais difíceis de rastrear.

Brasileiros estão entre os mais afetados em relação ao vazamento de dados

Em um levantamento que foi realizado pela Cyble, apontou os dados de pessoas que foram vazados em pelo menos 136 países. Estados Unidos, Índia, Brasil, México e Austrália representam metade dos dados que foram vazados.

Falando exclusivamente dos brasileiros, dados de 72 mil cartões de crédito foram vazados. 38 mil pertencem ao Banco Santander, 10 mil do Itaú, 6 mil do Bradesco, 4.800 do Nubank e 3 mil do Banco do Brasil. Clientes da Caixa Econômica Federal e Inter também tiveram os seus dados vazados.

Existe uma grande dúvida sobre quantos dos cartões que tiveram os dados vazados pelos cibercriminosos ainda estão ativos hoje. Os hackers afirmam que 27% dos cartões ainda estão ativos e que podem ser usados para compras ilegais.

Como evitar que o seu cartão de crédito tenha os dados vazados

Os cartões de crédito significam uma forma de praticidade. É uma vantagem que podemos ter, ao pagar compras sem a necessidade de estar com dinheiro em espécie. Porém, os criminosos como vimos neste artigo estão de olho nos nossos dados, e por conta disso é recomendado se proteger de golpes e fraudes dos cibercriminosos.

Caso se esteja buscando um produto para comprar no e-commerce, apenas entre no site ou app de uma empresa que se conhece e que tem boas recomendações. Verifique na hora em que estiver realizando uma compra, se a empresa possui o ícone de um cadeado na parte superior da página, ao lado da URL

Uma outra forma eficaz para proteger o seu cartão de crédito é realizar as compras através de um intermediário de pagamento, como o PayPal. Este costuma ser utilizado para compras internacionais, embora várias empresas brasileiras que trabalham com e-commerce já o aceitam.

É importante ter precaução com os dados do cartão de crédito que se repassa para algumas pessoas. Ao mesmo tempo que ele pode ser uma facilidade na hora de realizar, sobretudo, compras pela internet, ele também poderia trazer uma maior facilidade a criminosos e pessoas mal intencionadas para realizar compras que o cliente não as fez. Manter os dados e senha guardados com segurança é essencial.

Notícias Concursos

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

Clique aqui e siga-nos no Twitter

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de Telegram

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WPP-1024x338.jpg
Publicidade

PUBLICIDADE

Publicidade

COLUNISTA FOTOGRAFICO

COLUNISTA VARIEDADE

Publicidade