Connect with us

destaque

Estado anuncia inclusão de mais um grupo no Auxílio-combustível

Publicado

on

O Governo do estado do Maranhão anunciou nesta segunda-feira (2) que vai inserir mais um grupo de trabalhadores no Auxílio-combustível. De acordo com as informações oficiais, o projeto vai passar a atender também as pessoas que trabalham com o chamado transporte alternativo. Pelo menos essa é a ideia.

“Já investimos R$ 4 milhões em auxílio-combustível para taxistas, motoristas de aplicativos e mototaxistas. Vamos fazer agora uma nova rodada, incluindo também transporte alternativo”, disse o Governador do estado, Flávio Dino (PSB). Ele disse que em breve vai dar mais detalhes sobre esse projeto em questão.

Para quem não sabe, esse Auxílio dá uma ajuda em dinheiro para os trabalhadores de transportes. Nos dois primeiros meses, os pagamentos aconteceram para taxistas, motoristas de app e motociclistas. Os valores, no entanto, variavam de cidade para cidade. A depender da situação.

Para cidades com até 20 mil habitantes, os montantes eram de R$ 60 para motos e R$ 180 para carros. Entre 20 mil e 50 mil esse patamar subia para R$ 80 e R$ 240 respectivamente. E para municípios com mais de 50 mil habitantes, os valores variavam entre R$ 100 e R$ 300. Foram dois pagamentos para todos os grupos.

De acordo com o Governador do estado, essa nova rodada de repasses deve contar com um novo processo de inscrição. No entanto, ele não deu detalhes sobre isso. Disse apenas que em breve as autoridades locais irão divulgar novas informações. Portanto, é importante prestar atenção nos canais oficiais para saber as novidades.

Auxílio no Maranhão

Além desse Auxílio, vale lembrar que o Governo do estado do Maranhão também está pagando outros programas. Por lá, por exemplo, existe um benefício que vai diretamente para as pessoas que ficaram órfãos de pais que morreram por causa da Covid-19.

De acordo com as informações oficiais, outros estados possuem ideias semelhantes. É o caso de São Paulo, por exemplo. Por lá, o Governador João Dória (PSDB) está pagando um benefício que vai para as pessoas que perderam entes na pandemia.

Também em São Paulo o Governo do estado está pagando um programa para ajudar vulneráveis a comprarem o botijão de gás. Unidades da federação como Pernambuco e Rio de Janeiro estão estudando a possibilidade de inserir esse benefício também.

Bolsonaro

O Presidente Jair Bolsonaro disse em várias entrevistas que não concorda com os pagamentos de auxílios pelos governadores e prefeitos de municípios. De acordo com ele, isso poderia transformar pessoas em cidadãos dependentes do estado.

No entanto, o próprio Presidente Jair Bolsonaro está pagando um Auxílio Emergencial. O benefício está realizando repasses para cerca de 37 milhões de brasileiros desde o último mês de abril. Os valores variam entre R$ 150 e R$ 375.

Aliás, esse benefício acabou de passar por uma confirmação de comprovação. De acordo com o próprio Governo Federal, o Auxílio Emergencial deverá seguir realizando pagamentos, pelo menos, até o próximo mês de outubro.

Notícias Concursos

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

Clique aqui e siga-nos no Twitter

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de Telegram

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WPP-1024x338.jpg
Publicidade

PUBLICIDADE

Publicidade

COLUNISTA FOTOGRAFICO

COLUNISTA VARIEDADE

Publicidade