Connect with us

destaque

Confirmado próximo pagamento do FGTS de até R$ 1.045; VEJA

Publicado

on

 Caixa Econômica Federal (CEF) começou na terça-feira, 8 de setembro, a realizar novos pagamentos Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), na modalidade emergencial. O próximo pagamento será para os nascidos em dezembro. Veja abaixo:

  • 21 de setembro: nascidos em dezembro

Após realizado o depósito na poupança digital da Caixa, o trabalhador poderá efetuar o pagamento de boletos e realizar compras com o cartão virtual. O trabalhador que preferir não sacar o montante deve avisar com dez dias de antecedência.

Essa medida foi tomada pelo governo federal com intuito de auxiliar os trabalhadores durante a pandemia do novo coronavírus (covid-19). Com o limite de  R$ 1.045, trabalhadores com conta ativa ou inativa terão direito de receber. Veja abaixo o calendário de pagamento, saques e transferências.

Calendário Atualizado

Mês de nascimentoCrédito em contaSaque ou transferência
Janeiro29 de junho25 de julho
Fevereiro6 de julho8 de agosto
Março13 de julho22 de agosto
Abril20 de julho5 de setembro
Maio27 de julho19 de setembro
Junho3 de agosto3 de outubro
Julho10 de agosto17 de outubro
Agosto24 de agosto17 de outubro
Setembro31 de agosto31 de outubro
Outubro8 de setembro31 de outubro
Novembro14 de setembro14 de novembro
Dezembro21 de setembro14 de novembro

Saque emergencial de até R$ 1.045

Os depósitos começaram no dia 29 de junho e seguirão válidos até 21 de setembro, conforme o mês de nascimento dos trabalhadores. No entanto, quem receber terá que esperar semanas ou até meses para sacar o dinheiro.

Caso os trabalhadores queiram antecipar (sacar) o pagamento, podem usar os fintechs (empresas de tecnologia financeira) que oferecem a opção de uso do app da Caixa para pagamento de um boleto ou fazer uma compra online.

Para simplificar, essa opção permite o usuário realizar transferência do valor do FGTS emergencial a uma conta em nome do próprio beneficiário.

Lucro do FGTS

A Caixa Econômica Federal confirmou o pagamento do lucro do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Os depósitos chegaram a R$1.840.

Ao todo, foram distribuídos R$ 7,5 bilhões, que totaliza 66% do lucro total, entre os cotistas com conta vinculada em 31 de dezembro de 2019.

O pagamento do lucro foi encerrado em agosto, sendo o crédito feito de acordo com o saldo dos trabalhadores. O valor repartido representou a rentabilidade de 4,90% no ano passado. O valor tem ganho real, acima da inflação, e é maior que o rendimento de várias aplicações, como a poupança.

Tabela de lucro

Saldo em 31 de dezembro de 2019Rendimento total de 2019: correção monetária paga mês a mês (3% ao ano) + lucro de 1,84% em 2019Lucro de 1,84% que será pago em 31 de agosto
R$ 1.000R$ 48,40R$ 18,40
R$ 5.000R$ 242R$ 92
R$ 10 milR$ 484R$ 184
R$ 20 milR$ 968R$ 368
R$ 50 milR$ 2.420R$ 920
R$ 100 milR$ 4.840R$ 1.840

Noticias 24 horas por dia siga nossa rede social a baixo : 

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

Clique aqui e siga-nos no Twitter

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de Telegram 

Publicidade

PUBLICIDADE

Publicidade

Próximos Eventos

Nenhum evento encontrado!

COLUNISTA VARIEDADES

COLUNISTA FOTOGRAFICO

COLUNISTA VARIEDADE

Publicidade

MAIS VISTOS

error: O conteúdo está protegido !!