Connect with us

Brasil

Auxílio Brasil: beneficiários poderão ter empréstimo consignado

Publicado

on

O Ministério da Cidadania informou que está planejando liberar crédito para pessoas de baixa renda no Brasil. Isso inclui pessoas que estão no tcai, que também agregará beneficiários do Auxílio Brasil. A pasta informou que usará os canais usuais do governo para liberar o empréstimo consignado.

Contudo, apesar da notícia, o serviço ainda não está liberado. Por outro lado, o ministério afirma que há a previsão de liberação ainda em maio, o que pode ser uma boa notícia para quem precisa sair do sufoco em um curto prazo.

Auxílio Brasil com empréstimo?

Segundo o Ministério da Cidadania, cidadãos de baixa renda que recebem o Auxílio Brasil poderão retirar valores emprestados através de bancos públicos. O projeto, que ainda não foi lançado, deve começar a valer em maio. Além disso, os cidadãos poderão comprometer um alto percentual da renda, o que gerou percepções opostas nos analistas.

Segundo dados já divulgados, pessoas que tem os depósitos lançados no aplicativo já poderão ter acesso ao empréstimo. Com isso, quem recebe o Auxílio Brasil terá direito a pegar dinheiro emprestado. Para isso, o cidadão poderá comprometer até 40% da renda, sendo 35% em crédito pessoal e outros 5% em despesas e saques com o cartão de crédito

Além disso, o cidadão deve solicitar o empréstimo através do aplicativo do Caixa Tem. Para isso, basta baixar o aplicativo, preencher seus dados de identificação e de renda. Com isso em mãos, o banco fará a análise de crédito e aprovará, ou não, em até 10 dias o empréstimo consignado. Caso você ganhe a aprovação, basta ir no serviço do “SIM Digital – Crédito Caixa Tem” para solicitar os valores. Após isso, o banco deposita o valor diretamente na sua poupança digital. Para efetuar o pagamento, a Caixa descontará automaticamente os valores da conta

Com essa notícia, especialistas logo criticaram o projeto. Por outro lado, outros veem uma janela de oportunidade para sair do vermelho, mas fazem alertas contra o aumento de dívidas pessoais.

É uma boa notícia?

Com o empréstimo consignado liberado para beneficiários do Auxílio Brasil, muitos especialistas criticaram o projeto. Isso porque operações de empréstimo são arriscadas para quem não controla as finanças. Além disso, para as famílias de baixa renda, o endividamento pode ser inevitável. Por outro lado, outros discordam da posição, mas emitem alertas.

Ao contratar um empréstimo, o cidadão se compromete a pagar o valor acrescido de juros para o banco. Por isso, quem tem rendimentos de R$400,00, por exemplo, pode pegar empréstimos de até R$140. Com os juros, esse pagamento pode ultrapassar os R$200,00. Para driblar a inadimplência, a Caixa informou que o valor será descontado automaticamente do Auxílio Brasil. Com isso, especialistas afirmam que, sem uma organização financeira, esse crédito pode levar o beneficiário a ter um rendimento ainda menor, sem que os empréstimos ajudem de fato. Além disso, a falta de pagamentos, em caso de saída do benefício, poderia levar ao alto endividamento dessas famílias.

Por isso, especialistas afirmam que quem recebe o Auxílio Brasil deve pegar esse empréstimo apenas em situações excepcionais. Além disso, caso contraia a dívida, é fundamental que se faça os pagamentos em dia, evitando, assim, juros e multas por atraso

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

Clique aqui e siga-nos no Twitter

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de Telegram

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WPP-1024x338.jpg

PUBLICIDADE

Publicidade

COLUNISTA FOTOGRAFICO

COLUNISTA VARIEDADE

Publicidade
error: O conteúdo está protegido !!