Connect with us

destaque

Adolescente que fez ameaças a escola é apreendido

Publicado

on

“Vamos parar Minas Gerais no massacre. Se vacilar na porta do Justino, eu vou picar a cabeça de todo mundo, Zé”. A frase é de um menor, estudante de uma escola de Mateus Leme, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Ele gravou um vídeo que circulou nas redes sociais, causando pânico e apreensão na cidade, a ponto de várias diretoras de entidades de ensino ligarem para a Polícia Militar, pedindo ajuda, por volta de 1h desta terça-feira (11/4). Um envolvido, de 26 anos, foi preso e o estudante, de 17 anos, foi apreendido. Um terceiro suspeito, de 20 anos, está foragido.

As diretoras de escolas relataram que estavam recebendo ligações telefônicas de pais de alunos apavorados dizendo que não mandariam os filhos para as aulas desta terça-feira, por temerem que ocorresse um atentado.

A partir das denúncias e do vídeo, os policiais conseguiram identificar o aluno da Escola Estadual Domingos Justino Vieira e localizar a casa onde mora. Lá chegando, o adolescente, que estava acompanhado dos pais, admitiu ter feito o vídeo e contou que teve a ajuda de dois primos, identificados por Paulo e Patrick.

Depois de apreender o adolescente, os policiais militares foram à casa de Paulo e lhe deram voz de prisão. Os dois foram levados para a Delegacia de Mateus Leme. Os policiais também estiveram na residência do terceiro suspeito, identificado como Patrick, mas ele não foi encontrado e segue foragido.

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

Clique aqui e siga-nos no Twitter

Clique aqui e faça parte de nosso grupo

PUBLICIDADE

Publicidade

COLUNISTA FOTOGRAFICO

COLUNISTA VARIEDADE

Publicidade

contato@diviweb.com.br / 37 - 3213-0334

error: O conteúdo está protegido !!