Connect with us

destaque

Veja como denunciar irregularidades no Auxílio Emergencial

Publicado

on

Nas redes sociais não é muito difícil perceber algumas pessoas criticando recebimentos indevidos do Auxílio Emergencial. O que pouca gente sabe é que dá para denunciar todos esses casos de maneira anônima nos canais oficiais do Governo Federal.

Existem várias maneiras de fazer essa denúncia. De acordo com o próprio Presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, uma delas é ligar para o número 121. Basta portanto ligar para esse telefone e detalhar a acusação para que as autoridades analisem o caso em questão.

Vistar o site do Fala.BR é outra opção. Esse é um website que funciona através da Controladoria Geral da União (CGU). Por lá é possível fazer não apenas as acusações como também reclamações que possuam relação com o caráter financeiro do Auxílio Emergencial.

Ainda há a possibilidade de ir ao site do Portal da Transparência. Como o próprio nome diz, esse é um endereço que permite que as pessoas analisem os dados do Governo Federal. Entre esses dados, é possível saber o nome de cada indivíduo que recebeu o Auxílio Emergencial do Governo Federal.

Em cada um desses nomes, é possível fazer uma denúncia de um possível recebimento indevido do programa. O cidadão vai precisar dar alguns detalhes e seguir os passos da página em questão. Essa também se trata de uma denúncia anônima. Isto é, não é preciso se identificar.

Cuidado com os erros

É natural que muita gente acabe enxergando erro em algumas situações. No entanto, ao fazer uma denúncia como essa, o cidadão não pode ter nenhum tipo de dúvida do que está dizendo. Afinal de contas, pode ser que essa pessoa esteja denunciando alguém que de fato precise desse Auxílio.

Aliás, também é importante lembrar que canais oficiais do Governo não são lugares para brincadeiras e trotes. E que ao tratar essas denúncias com pouca seriedade, o denunciante poderá estar contribuindo para tirar o auxílio de quem está precisando muito desse dinheiro.

Vale lembrar, no entanto, que a simples denúncia de irregularidade não tira o Auxílio das mãos do trabalhador de maneira automática. A Controladoria Geral da União, o Ministério da Cidadania e a Caixa Econômica Federal apenas irão pegar essas denúncias e, se for o caso, começar uma investigação mais séria.

Auxílio Emergencial

No ano passado, as fraudes dominaram os pagamentos do Auxílio Emergencial. E quem está dizendo isso é o próprio Governo Federal. É que nem a Polícia Federal (PF) conseguiu ter uma dimensão do tamanho do rombo que esses golpes provocaram nas contas do Planalto.

É justamente por isso que o próprio Governo decidiu fechar o cerco para as fraudes este ano. A ordem agora é tentar evitar ao máximo que elas aconteçam. Se sabe que elas irão acontecer de qualquer forma, mas o objetivo agora é que sejam em menor número.

Atualmente o novo Auxílio Emergencial está pagando quatro parcelas de valores que variam entre R$ 150 e R$ 375. Em 2020, o Governo chegou a pagar valores bem maiores do que isso. De acordo com o Planalto, isso está acontecendo por uma questão de respeito com as contas públicas.

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

Clique aqui e siga-nos no Twitter

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de Telegram

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WPP-1024x338.jpg
Publicidade

PUBLICIDADE

Publicidade

COLUNISTA FOTOGRAFICO

COLUNISTA VARIEDADE

Publicidade