Connect with us

Brasil

Valor do auxílio emergencial 2021: haverá alteração nas próximas parcelas? Saiba mais

Publicado

on

Nesta quarta-feira (30/06), um novo grupo de beneficiários recebe a 3ª parcela do benefício pago em razão da pandemia pela Covid-19. Assim, o calendário de junho será encerrado e próximo mês, a Caixa Econômica Federal (CEF) abrirá o calendário relativo à 4ª parcela. Tendo isso em vista, o valor do auxílio emergencial 2021 será alterado? Confira o que se sabe até o momento sobre o assunto.

A dúvida é baseada devido à prorrogação do benefício que deverá ser pago até outubro. Em 2020, as parcelas do auxílio tinham valores superiores aos que estão sendo pagos nessa nova rodada. Além disso, diversos pontos foram acrescentados no regulamento de participação.

Valor do auxílio emergencial 2021

Nos últimos meses a questão sobre a prorrogação do auxílio emergencial 2021 foi bastante discutida. Desse modo, o ministro da Economia, Paulo Guedes, voltou a falar sobre as parcelas extras e afirmou que o governo tem trabalhado para estender o benefício até outubro; ou seja, acrescentando mais três parcelas ao auxílio.

Além disso, o chefe da economia insinuou que o benefício pode ser estendido até o final do ano, tendo em vista a vacinação em massa dos brasileiros.

Dessa forma, o valor do auxílio emergencial 2021 deverá continuar o mesmo, determinado por cotas destinadas às categorias diferenciadas.

A única alteração, portanto, no que diz respeito ao benefício é com relação à quantidade de parcelas, os valores das cotas deverão ser os mesmos que estão sendo pagas desde abril desse ano:

  • Recebem R$ 150pessoas que moram sozinhas;
  • Recebem R$ 250 as demais famílias.
  • Recebem R$ 375 famílias monoparentais, chefiadas por mulheres mães solo.

A regra da cota de maior valor ser destinada às mulheres chefes de família segue também durante a prorrogação do programa.

Segundo dados da Lei de Acesso à Informação, a grande maioria dos beneficiários estão recebendo as cotas de menor valor, enquanto a cota mais cara está sendo repassada em maior quantidade para as mulheres responsáveis pela família monoparental.

Além disso, o governo não pretende incluir novos beneficiários por meio da realização de cadastros. Continuarão recebendo as parcelas extras do auxílio emergencial quem está apto; isto é, atendendo aos critérios de participação e que receberam as parcelas anteriores.

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

Clique aqui e siga-nos no Twitter

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de Telegram

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WPP-1024x338.jpg
Publicidade

PUBLICIDADE

Publicidade

COLUNISTA FOTOGRAFICO

COLUNISTA VARIEDADE

Publicidade
error: O conteúdo está protegido !!