Connect with us

destaque

Situação é de emergência humanitária na fronteira bielorrussa

Publicado

on

Centenas de migrantes estão encurralados na fronteira entre a Bielorrússia e Polônia, perto de Kuznica Bialostocka.

Uma parede de arame farpado foi erguida do lado polaco para travar o caminho a quem foge da guerra.

Os refugiados, provenientes do Oriente Médio, pretendem requerer asilo na União Europeia (UE). Agora estão à mercê do braço de ferro entre Minsk, a capital bielorrusa, e a UE.

O regime do presidente Aleksander Lukashenko, da Bielorrússia, é acusado de instrumentalizar os refugiados e de tentar desestabilizar a União Europeia. Pelo menos 50 migrantes já foram detidos.

Agência Brasil

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

Clique aqui e siga-nos no Twitter

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de Telegram

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WPP-1024x338.jpg
Publicidade

PUBLICIDADE

Publicidade

COLUNISTA FOTOGRAFICO

COLUNISTA VARIEDADE

Publicidade
error: O conteúdo está protegido !!