Connect with us

Brasil

Preso atirador que matou menina de 4 anos em briga por vaga em SP

Publicado

on

Bruno Freitas foi preso pela morte da menina Ester, de 4 anos, com um tiro no coração REPRODUÇÃO/RECORD TV

Após cinco dias de buscas, Bruno Freitas, o atirador que matou uma menina de 4 anos em uma briga em Santo André, no ABC Paulista, foi preso na tarde desta sexta-feira (16).  Ele foi capturado na praia de São Vicente, no litoral sul de São Paulo e levado ao 5º Distrito Policial de Santo André. 

De acordo com a polícia, ele recebeu cobertura de amigos, que o ajudaram na fuga. O carro usado por ele ja havia sido apreendido na última terça-feira (13) em uma comunidade de Santo André. O proprietário era um amigo de infância de Bruno, que alugava o veículo para transportes por aplicativo.

Relembre o caso

Jorge Willian de Oliveira, pai da menina Ester de Oliveira, e o atirador tinham uma briga antiga, de alguns anos. Jorge contou que em 2018 os dois eram vizinhos e brigaram por conta do estacionamento de um carro em frente a uma garagem.

Na noite de domingo (11), Jorge estava no carro com a esposa e mais quatro crianças, uma delas a filha, indo para casa de alguns parentes. Ele levava os sobrinhos de volta para casa e, ao estacionar para deixar as crianças, foi surpreendido pelo acusado, que já chegou sacando a arma.

O homem efetuou diversos disparos contra o desafeto e acertou um deles no braço de Jorge. A pequena Ester gritou “papai, papai” e logo depois foi atingida no coração por um dos disparos.

Jorge foi atingido apenas na perna e no braço e acelerou com o carro para levar a filha ao Centro Hospitalar Municipal de Santo André, onde a menina não resistiu e faleceu.

A esposa de Jorge ficou no local e tentou segurar o atirador, mas foi agredida e ele conseguiu escapar. O pai da menina foi medicado e liberado do hospital e seguiu para a delegacia para registrar o boletim de ocorrência.

Em uma das brigas do passado, Jorge já chegou a dar uma facada no acusado. O pai de Ester acredita que o episódio seja uma retaliação. Ele já foi preso e saiu da cadeia em 2014.

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

Clique aqui e siga-nos no Twitter

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de Telegram

Publicidade

PUBLICIDADE

Publicidade

COLUNISTA FOTOGRAFICO

COLUNISTA VARIEDADE

Publicidade
error: O conteúdo está protegido !!