Connect with us

destaque

Presidente Bolsonaro critica Bolsa Família dos anos do PT

Publicado

on

O Presidente Jair Bolsonaro deu uma entrevista nesta semana para falar sobre os rumos do Bolsa Família. Desta vez, o chefe de estado aumentou duramente as críticas ao PT e criticou aquilo que chamou de “uso político do programa pelo partido”. Não faltaram, por exemplo, referências ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“Ele (Lula) juntou uma série de programas com um novo nome e criou o Bolsa Família. E o povo necessitado ficou grato. E eu acredito que o Bolsa Família foi o grande sustentáculo por ocasião das eleições”, afirmou o Presidente ao se referir ao ex-presidente Lula. Ele também criticou a economia do país na época do PT.

“Ele aproveitou uma época boa da parte econômica, quando pegou o Brasil relativamente arrumado do Fernando Henrique Cardoso, com o plano real e inflação lá embaixo. Mas, em 2004, dois anos depois, começou um período bastante complicado da nossa história, onde a corrupção começou a aflorar” disse Bolsonaro a entrevista.

Sobre o Bolsa Família, o Presidente disse que o país vai ter um aumento nos valores do programa. Nesta entrevista, ele disse que reconhece que os preços de vários itens importantes para a população estão subindo. De qualquer forma, ele argumentou que o aumento no valor do projeto vai ajudar nessa função.

“Nós estamos buscando todo dia novas soluções para atenuar esse problema (o aumento no custo de vida no Brasil). Então, o mínimo de R$ 300 vai fazer diferença. E o número de beneficiados do Bolsa Família, até dezembro, nós avaliamos em 20 milhões de pessoas”, disse o Presidente na entrevista em questão.

Novo Bolsa Família

De uma certa forma, essa fala de Bolsonaro é diferente daquela que os membros do próprio Ministério da Economia estão dizendo. De acordo com esses analistas, o país não poderia liberar uma média de pagamento desse nível para essa quantidade de pessoas.

Há portanto um temor de que isso possa acabar fazendo com que o próprio Governo acabe furando o teto de gastos. No entanto, de acordo com informações de bastidores, Bolsonaro estaria firme na posição de manter a média na casa dos R$ 300.

Hoje, de acordo com o Ministério da Cidadania, que é a pasta que responde pelo programa, cerca de 14 milhões de brasileiros são beneficiárias do Bolsa Família. Esse grupo recebe em média cerca de R$ 190 de maneira mensal.

Auxílio Emergencial

Enquanto o novo Bolsa Família não chega, o Governo Federal segue realizando os pagamentos do Auxílio Emergencial. Nesta semana, aliás, os repasses da quarta parcela estão chegando nas contas dos trabalhadores.

De acordo com o calendário oficial do Auxílio, esta quinta-feira (29) é a data que marca a liberação do dinheiro para os informais que nasceram no mês de novembro. Além disso, os usuários do Bolsa Família que tenham o Número de Inscrição Social (NIS) terminando em 9 também podem usar a quantia.

Segundo o próprio Governo Federal os valores do Auxílio Emergencial este ano variam entre R$ 150 e R$ 375 a depender da pessoa que está recebendo. As mães chefes de família, por exemplo, possuem o direito de receber esse montante maior.

Notícias Concursos

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

Clique aqui e siga-nos no Twitter

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de Telegram

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WPP-1024x338.jpg
Publicidade

PUBLICIDADE

Publicidade

COLUNISTA FOTOGRAFICO

COLUNISTA VARIEDADE

Publicidade