Connect with us

destaque

PM prende suspeito de abusar de criança de 7 anos em supermercado em Formiga

Em nota, a rede Supermercados BH informou que está colaborando com as autoridades e que prestará apoio à família da vítima

Publicado

on

A Polícia Militar prendeu na quarta-feira (2) um rapaz de 24 anos suspeito de abusar sexualmente de uma menina de 7 anos, em um cômodo de uma filial do Supermercados BH, no Bairro Mangabeiras, em Formiga.

Segundo a PM, o suspeito viu que a criança estava pegando um carrinho de compras, se aproximou e disse que ela deveria pegar os carrinhos que estavam no estacionamento. Ele a conduziu até lá e, depois de um tempo, a levou a um cômodo próximo do local. Segundo relato da criança, ela tentou fugir, mas o rapaz a impediu. A polícia informou que ele então colocou a mão nas partes íntimas dela e a machucou.

Ao chegar em casa, os pais da menina perceberam que a criança estava com sangue na roupa e ela contou que tinha sido violentada por um dos funcionários do supermercado. Eles voltaram ao estabelecimento e conversaram com o gerente, que acionou a Polícia Militar. A PM solicitou acesso às câmeras de segurança, que registraram o momento em que o funcionário saiu do cômodo arrumando a calça. A menina também deixou o local ajeitando a roupa.

A menina passou por exame no hospital e a médica confirmou escoriações no intróito vaginal.  Os militares então se dirigiram para a casa do suspeito e o prenderam. O delegado responsável pelo caso, Luís Paulo de Oliveira, contou que o rapaz confessou o ato e revelou que fez o mesmo com outra criança de 10 anos.

“O autor trabalhava há 60 dias no supermercado, não tem antecedente e confirmou ter praticado o crime. Ele confessou que, há uma semana, cometeu um fato semelhante em outra criança de 10 anos. Ele foi preso em flagrante por estupro de vulnerável. As investigações seguem para identificação de outra possível vítima”, disse o delegado ao G1.

Em nota, a rede Supermercados BH informou que está colaborando com as autoridades e que prestará apoio à família da vítima. “O Supermercados BH repudia totalmente qualquer tipo de agressão física ou moral e esclarece que tão logo recebeu a denúncia sobre a situação, acionou as autoridades policiais locais para a devida investigação e providências cabíveis. O Supermercados BH permanece a disposição das autoridades para fornecer todas as informações solicitadas, além de estar prestando todo apoio necessário à família denunciante. Há 24 anos no mercado, a rede supermercadista reforça que preza pela total segurança dos seus clientes e colaboradores. O suspeito da ação está preso e foi desligado da empresa.

Com informações do G1

Publicidade

PUBLICIDADE

Publicidade

COLUNISTA FOTOGRAFICO

COLUNISTA VARIEDADE

Publicidade
error: O conteúdo está protegido !!