Connect with us

destaque

Parcelas 5, 6 e 7 do Auxílio Emergencial 2021: confira as datas de pagamento

Publicado

on

Parcelas 5, 6 e 7 do Auxílio Emergencial 2021

Confira as datas de pagamento referente as parcelas 5, 6 e 7 do Auxílio Emergencial 2021, respectivamente, conforme prorrogação. Além disso, os pagamentos informados possuem as datas para a disponibilidade online e física, ou seja, o pagamento digital e a disponibilidade para saque do valor em espécie.

Calendário da 5ª parcela do auxílio emergencial 2021

Mês de nascimento do beneficiárioDisponibilidade digitalData do saque do valor em espécie
Janeiro20/0801/09
Fevereiro21/0802/09
Março21/0803/09
Abril22/0806/09
Maio24/0809/09
Junho25/0810/09
Julho26/0813/09
Agosto27/0814/09
Setembro28/0815/09
Outubro28/0816/09
Novembro29/0817/09
Dezembro31/0820/09

Calendário da 6ª parcela do benefício

Mês de nascimento do beneficiárioDisponibilidade digitalData do saque do valor em espécie
Janeiro21/0904/10
Fevereiro22/0905/10
Março23/0905/10
Abril24/0906/10
Maio25/0908/10
Junho26/0911/10
Julho28/0913/10
Agosto29/0914/10
Setembro30/0915/10
Outubro01/1018/10
Novembro02/1019/10
Dezembro04/1019/10

Calendário da 7ª parcela do auxílio emergencial 2021

Mês de nascimento do beneficiárioDisponibilidade digitalData do saque do valor em espécie
parcela 7App Caixa Tem Saques
Janeiro20/1001/11
Fevereiro21/1003/11
Março22/1004/11
Abril23/1005/11
Maio23/1009/11
Junho26/1010/11
Julho27/1011/11
Agosto28/1012/11
Setembro29/1016/11
Outubro30/1017/11
Novembro30/1018/11
Dezembro01/1119/11
Quem tem direito ao benefício?

Conforme informações do Ministério da Cidadania, tem direito ao recebimento do Auxílio Emergencial 2021 os trabalhadores que estavam recebendo, em dezembro/2020, o auxílio emergencial de que trata o art. 2º da Lei nº 13.982, de 2020, e a extensão do auxílio emergencial de que trata a MP nº 1.000, de 2020, e que cumpram as seguintes regras:

  • ser maior de 18 anos de idade, exceto no caso de mães adolescentes (mulheres com idade de 12 a 17 anos que tenham, no mínimo, um filho), conforme as seguintes informações:

a)       em 2 de abril de 2020, para os trabalhadores beneficiários do Cadastro Único, consideradas as informações constantes da base de dados do Cadastro na referida data;

b)      na data da extração do Cadastro Único de referência para a geração da folha mensal do Bolsa Família, de que trata a Lei nº 10.836, de 2004, para os beneficiários do referido Programa; ou

c)       na data da avaliação de elegibilidade do Auxílio Emergencial 2021 para trabalhadores beneficiários do auxílio emergencial de que trata a Lei nº 13.982, de 2020, inscritos por meio das plataformas digitais da CAIXA.

Sobre emprego formal:
  • Não ter emprego formal ativo;
  • Não ter recebido recursos financeiros provenientes de benefício previdenciário, assistencial ou trabalhista ou de programa de transferência de renda federal, ressalvados o Abono-Salarial PIS/PASEP e o Programa Bolsa Família (PBF).
  • Bem como, não ter renda familiar mensal per capita acima de meio salário-mínimo;
  • Não ser membro de família que aufira renda mensal total acima de três salários mínimos;
  • Além de não ser residentes no exterior;
  • Não ter, no ano de 2019, recebido rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 (vinte e oito mil, quinhentos e cinquenta e nove reais e setenta centavos), dentre outros critérios.

Notícias Concursos

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

Clique aqui e siga-nos no Twitter

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de Telegram

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WPP-1024x338.jpg
Publicidade

PUBLICIDADE

Publicidade

COLUNISTA FOTOGRAFICO

COLUNISTA VARIEDADE

Publicidade