Connect with us

Brasil

Novo Bolsa Família deve pagar algo em torno de R$ 290, dizem técnicos

Publicado

on

O Governo Federal está realizando os últimos preparativos antes dos pagamentos do novo Bolsa Família. O programa, que deverá se chamar Auxílio Brasil a partir de novembro, está em forma de Medida Provisória (MP) nas mãos do Presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL). No entanto, ainda não há indicação de valores.

Acontece que o Governo Federal ainda não bateu o martelo sobre esse assunto. Membros do poder executivo ainda estão pesando nas possibilidades neste momento. De acordo com informações da imprensa, técnicos do Ministério da Economia estão muito próximos de bater um martelo neste assunto.

Eles acreditam que o Governo está prestes a fechar o valor médio do projeto para algo que fique entre R$ 280 e R$ 290. Nem mais, nem menos. Caso isso se confirme, seria um problema para o Presidente Jair Bolsonaro. Isso porque ele prometeu que o pagamento médio mínimo do novo programa seria de R$

E além disso, membros do grupo político conhecido como Centrão estavam pressionando o presidente para que ele aumentasse ainda mais essa projeção. Eles queriam um aumento para a casa dos R$ 400. Então, caso essa informação da imprensa se concretize, os valores acabariam ficando mais baixos do que se imaginava.

De qualquer forma, nada disso é oficial ainda. De acordo com informações do próprio Governo Federal, eles só deverão falar oficialmente sobre esse assunto a partir do próximo mês de setembro. Até lá, no entanto, as conversas em torno deste tema seguem diariamente dentro do Palácio do Planalto.

Benefícios hoje

De acordo com informações oficiais, o Governo Federal está neste momento seguindo normalmente com os pagamentos de dois benefícios. Um é o Auxílio Emergencial, e o outro é a própria versão atual do Bolsa Família. Pelo menos é isso o que o Ministério da Cidadania afirma.

O Auxílio Emergencial está atendendo algo em torno de 37 milhões de brasileiros. São cidadãos que estão recebendo valores que variam entre R$ 150 e R$ 375. Os pagamentos deverão seguir até, pelo menos, o próximo mês de outubro.

A versão atual do Bolsa Família também está seguindo com os seus repasses. Também de acordo com o Ministério da Cidadania, são neste momento algo em torno de 4 milhões de beneficiários. O número é baixo porque outra parte está neste momento recebendo os valores do Auxílio Emergencial.

Oposição de olho no Auxílio

Enquanto os pagamentos do novo Bolsa Família não começam, a oposição promete seguir fazendo pressão no Governo Federal. No geral, eles querem que o Planalto aumente os níveis de repasses dos seus benefícios.

No entanto, a própria oposição não está deixando muito claro como vai fazer isso. Parte dos partidos de esquerda está pedindo para que o Governo passe a taxar grandes fortunas e com isso pague um Auxílio Emergencial no valor de R$ 600.

É provável que esses mesmos partidos também critiquem os patamares do novo Bolsa Família. É que independente da decisão final do Governo, o valor não deverá ser suficiente para comprar uma cesta básica nas principais cidades do país.

Fonte; Noticiaseconcursos

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

Clique aqui e siga-nos no Twitter

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de Telegram

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WPP-1024x338.jpg
Publicidade

PUBLICIDADE

Publicidade

COLUNISTA FOTOGRAFICO

COLUNISTA VARIEDADE

Publicidade