Connect with us

destaque

Novo Auxílio de R$ 500 para pais de alunos. Veja como se inscrever

Publicado

on

O Governo do estado de São Paulo decidiu aumentar o foco em torno dos beneficiários do seu Auxílio estudantil. De acordo com informações oficiais, a partir de agora o programa em questão vai passar a atender os pais desses alunos de Escolas Técnicas Estaduais (Etecs) e das Faculdades de Tecnologia do Estado de São Paulo (Fatecs).

Ainda de acordo com as informações oficiais, o programa em questão vai pagar parcelas de R$ 500. A ideia é que em troca esses pais ajudem no processo de luta contra o coronavírus nessas instituições. Segundo o Governo do estado, eles terão que trabalhar quatro horas por dia para conseguir esse auxílio no final do mês.

O Governo do estado de São Paulo deverá limitar as vagas para entrar nesse programa em questão. Serão apenas algo em torno de 2,3 mil. Essa informação acabou levantando várias críticas nas redes sociais. É que muita gente queria que o Governador João Dória (PSDB) aumentasse essas vagas para um contingente maior de pessoas neste momento.

De qualquer forma, membros da gestão paulistana dizem que o Governo local vai gastar algo em torno de R$ 7,1 milhões com esses pagamentos. Inicialmente o que se sabe é que serão pagas seis parcelas para esses pais e mães. No entanto, o próprio João Dória disse que existe a possibilidade de uma grande prorrogação que dure até o final do próximo ano.

Esse Auxílio originalmente iria atender apenas os alunos carentes de escolas públicas estaduais de São Paulo. A ideia é que eles recebam essa bolsa mensal para permanecer na escola. Em troca, eles teriam que comprovar questões como alta frequência e forte participação nas atividades da escola.

Quem pode participar

O Governo do estado de São Paulo divulgou uma lista de exigências para os pais que desejam trabalhar para receber esse benefício. A primeira delas é que é preciso ser pai ou responsável legal de um estudante que esteja com matrícula ativas em Etecs ou Fatecs.

Outro ponto importante é a questão da idade. De acordo com informações oficiais, quem tem menos de 18 anos e mais de 59 anos não pode participar do processo. É preciso também estar sem emprego formal por, no mínimo, três meses.

Além disso, o Governo também não vai selecionar ninguém que tenha comorbidades que possam se agravar em um quadro de Covid-19. Por último, eles irão exigir que a pessoa more no mesmo município que tenha a Fatec ou Etec.

Como se inscrever no Auxílio

De acordo com informações do Governo do Estado de São Paulo, os pais que querem se inscrever não precisam sair de casa. Isso porque elas podem fazer isso através do site oficial do programa Bolsa do Povo.

Segundo os organizadores do projeto, as pessoas têm até o próximo dia 12 de setembro para realizar essa inscrição. São apenas quatro vagas por unidade. Quem perder esse prazo de candidatura vai ficar sem o benefício.

É através deste mesmo site do Bolsa do Povo que o cidadão paulistano vai poder ver uma série de outras informações como a questão do andamento do Vale-gás e até mesmo do SP Acolhe, que vai para pessoas que perderam parentes para a Covid-19.

Notícias Concursos

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

Clique aqui e siga-nos no Twitter

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de Telegram

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WPP-1024x338.jpg
Publicidade

PUBLICIDADE

Publicidade

COLUNISTA FOTOGRAFICO

COLUNISTA VARIEDADE

Publicidade