Connect with us

destaque

Mutirões recolhem mais de 14 toneladas de recipientes que poderiam proliferar doenças

Publicado

on

A Prefeitura de Divinópolis, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), registrou a coleta de 14.052 quilos de recipientes no mês de junho em 46 localidades, sendo 10.053 quilos de reservatórios e mais 3.999 quilos de pneus. Esse número é resultado da limpeza por parte da Vigilância Ambiental em bairros e propriedades, para retirar recipientes que podem acumular água de chuva. 

O objetivo é controlar a propagação de Aedes aegypti, transmissor de doenças como dengue, zika, chikungunya e febre amarela. O mosquito põe os ovos na parte úmida próxima à lâmina de água e não diretamente nela. São capazes de permanecer viáveis por até um ano em áreas secas e originar mosquitos adultos quando encontram as condições propícias para eclodir.

A região Oeste foi onda mais itens foram coletados. Percorrendo os bairros Vila Belo Horizonte, Vila Santo Antônio, Ipiranga, Santa Luzia, Orion, Tietê e Santo Antônio dos Campos, foram retirados 3.760 quilos de recipientes e ainda, 604 quilos de pneus.

Na região Norte foram retirados 1.680 quilos de reservatórios e 1.138 quilos de pneus em ações nos bairros Bom Pastor, Padre Libério, Afonso Pena, Serra Verde, Jardim América, Alvorada, Jardim das Oliveiras e Prolongamento do Bom Pastor. 

Percorrendo os bairros Sagrada Família, Aeroporto, Santa Helena, Vila das Roseiras, Nossa Senhora das Graças, Interlagos, Davanuze, Santos Dumont, Santa Tereza, Dona Rosa, Maria Helena, Padre Eustáquio e Nossa Senhora de Lourdes; localizados na região Sudeste, os agentes recolheram 1.353 quilos de reservatórios e 1.180 quilos de pneus.

Da região Sudoeste foram eliminados 1.320 quilos de reservatórios e 979 quilos de pneus percorrendo os bairros São Paulo, Vivendas da Exposição, Copacabana, São Domingos, João Paulo II, Santo André, Morumbi, São José e São Judas.

Na região Nordeste 1.150 quilos de reservatórios foram eliminados e mais 27 quilos de pneus dos bairros Cidade da Luz, Manoel Valinhas, Vila Romana, Icaraí e Doutro José Thomás.
Da região Central foram coletados 790 quilos de reservatórios e 71 quilos de pneus, através do trabalho nos agentes de saúde nos bairros Esplanada, Vila Cruzeiro, Sidil e Centro A.

Equipamentos como caminhão, caminhonetes pick up, sacos plásticos e luvas são usados durante a atividade. Os alvos são os bairros com alto risco de epidemia de dengue segundo o Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa) e as residências cujos moradores são acumuladores sem condição para remover os resíduos sólidos domésticos ou em outra questão social.

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

Clique aqui e siga-nos no Twitter

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de Telegram

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WPP-1024x338.jpg
Publicidade

PUBLICIDADE

Publicidade

COLUNISTA FOTOGRAFICO

COLUNISTA VARIEDADE

Publicidade
error: O conteúdo está protegido !!