Connect with us

destaque

Mutirão contra dengue em Divinópolis recolhe 1,7 t de entulho durante fim de semana

Publicado

on

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), realizou a força-tarefa contra o Aedes aegypti no sábado (22/05), nos bairros Icaraí, Jardim Candidés, Ipanema, Jardim Floramar, Residencial São Frei Galvão, São Simão e Nova Suíça.

O total de 12 agentes de endemias da Vigilância Ambiental eliminou em torno de 1,7 toneladas de focos de criadouros do mosquito, que estavam dentro de residências e quintais e não podiam ser transportados em caminhões-prensa.

“O objetivo do mutirão é reduzir o número de casos de dengue no município”, disse Juliano Cunha, supervisor-geral de Vigilância Ambiental, referindo-se à proliferação do Aedes aegypti, que transmite não só a dengue, mas também a chikungunya, a zika e a febre amarela. “Pedimos o apoio da população para retirar das casas e dos terrenos recipientes que possam acumular água.”

Os grandes reservatórios de água são os mais perigosos criadouros do mosquito. O material, como pneus, latas, potes, garrafas, plásticos, lonas, papel, papelão, tanques, tambores ou qualquer outro recipiente que estanque água, deve ser acondicionado em sacos e colocado na calçada em frente à residência. 

Os detritos que não retenham água não são coletados, como terra, material de construção, galhos de árvores, folhas, restos de grama, tábuas e madeiras em geral, assim como móveis velhos.

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

Clique aqui e siga-nos no Twitter

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de Telegram

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WPP-1024x338.jpg
Publicidade

PUBLICIDADE

Publicidade

COLUNISTA FOTOGRAFICO

COLUNISTA VARIEDADE

Publicidade