Connect with us

destaque

Ministro que comanda o Auxílio Emergencial pode deixar o cargo em breve

Publicado

on

O Ministro da Cidadania, João Roma, pode deixar esse cargo dentro de mais alguns meses. Essa é uma notícia que interessa a muita gente neste momento. É que ele é o chefe da pasta que cuida do Auxílio Emergencial e do Bolsa Família. Isso quer dizer portanto que esses temas podem passar por mudanças em breve.

De acordo com as informações de bastidores, João Roma deverá se candidatar ao cargo de governador do estado da Bahia. Ele passaria a ser portanto o candidato do Presidente Jair Bolsonaro nesse local. Pelas leis eleitorais, caso ele queira ser candidato, ele vai ter que deixar o cargo em breve.

Nas últimas semanas, João Roma vem intensificando suas falas sobre a Bahia. O que pode sugerir que ele estaria mesmo de olho no cargo de governador neste momento. Ao mesmo passo, ele também vem recebendo críticas dos atuais membros do governo baiano. Recentemente, um secretário do estado chegou a dizer que o Ministério estaria discriminando o Nordeste.

Caso a saída dele da pasta da Cidadania aconteça, ainda não se sabe quem poderia entrar no lugar dele. Vale lembrar que ele é Ministro já substituindo Onyx Lorenzoni, que estava no cargo. Na época da troca, muita gente acabou criticando a mudança porque ela aconteceu justamente em um momento de ápice do Auxílio Emergencial.

De acordo com analistas, trocas assim podem acabar sendo ruins porque trabalhos e projetos podem acabar ficando pelo caminho. Em entrevista, o próprio Onyx Lorenzoni, que hoje é Ministro do Trabalho, disse que não teve tempo de terminar o texto do seu novo Bolsa Família ainda no ano passado.

Projetos

Este momento atual está sendo crucial para o futuro dos projetos sociais no país. É que o que se sabe oficialmente é que tanto o Auxílio Emergencial como o Bolsa Família deverão chegar ao fim dentro de menos de um mês.

Ainda há muita indefinição, por exemplo, na questão do valor médio do novo Auxílio Brasil. Esse é o programa que deve substituir o Bolsa Família a partir do próximo mês de novembro. Pelo menos é o que se sabe.

Além disso, também não dá para saber ainda quantas pessoas poderão receber esses valores a partir de novembro. Essas são respostas que certamente terão que passar por análise também do Ministério comandado por João Roma.

Prorrogação do Auxílio

Antes de provavelmente sair do cargo, João Roma deverá tentar ainda prorrogar o Auxílio Emergencial. De acordo com as informações oficiais, foi ele quem começou com o movimento para tentar adicionar mais alguns meses de pagamentos do projeto.

Ainda não é oficial, mas informações da imprensa dão como quase certa a prorrogação do benefício por mais seis ou sete meses. Portanto, a ideia é fazer com que esses pagamentos acabem entrando pelo próximo ano de 2022.

Vale lembrar que o Ministério da Cidadania deverá ter um papel crucial nas próximas eleições presidenciais. É que de acordo com informações de bastidores, o Governo quer usar programas sociais para tentar reeleger o Presidente Jair Bolsonaro.

Notícias Concursos

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

Clique aqui e siga-nos no Twitter

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de Telegram

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WPP-1024x338.jpg
Publicidade

PUBLICIDADE

Publicidade

COLUNISTA FOTOGRAFICO

COLUNISTA VARIEDADE

Publicidade