Uma criança de 5 anos morreu assassinada pelo próprio tio, de 32, após ser esfaqueada no tórax e nas mãos, na noite dessa segunda-feira (7), em Montes Claros, Região Norte de Minas.

Segundo as informações da Polícia Militar (PM), o garoto chegou a ser socorrido por vizinhos e encaminhado vivo ao Hospital Universitário. De acordo com a assessoria da unidade, o menino passou por uma cirurgia cardiovascular, mas não resistiu e morreu na madrugada dessa terça (8).

A PM relatou que o homem não resistiu à prisão, e, ao ser questionado as motivações do crise,  afirmou que queria tirar a vida do sobrinho. Ele foi detido e encaminhado à Delegacia de Plantão da Polícia Civil.

Segundo moradores da região, o homem apresenta sinais de comprometimento mental, mas nunca revelou sinais de agressividade.

A família ainda não se pronunciou sobre o ocorrido, e aguarda a liberação do corpo do menino.

Segundo as informações da Polícia Militar (PM), o garoto chegou a ser socorrido por vizinhos e encaminhado ao Hospital Universitário da cidade.

De acordo com a assessoria do hospital, o menino deu entrada ainda vivo, passou por uma cirurgia cardiovascular, mas não resistiu e morreu na madrugada desta terça (8).

A PM relatou que o homem não resistiu à prisão e, ao ser questionado as motivações do crime, afirmou que “queria tirar a vida do sobrinho”. Ele foi detido e encaminhado à Delegacia de Plantão da Polícia Civil.

Reportagem de Raquel Penaforte para o Jornal “O tempo”