Home Destaque Megaoperação contra funcionários fantasmas é realizada na Câmara Municipal de Nova Serrana

Megaoperação contra funcionários fantasmas é realizada na Câmara Municipal de Nova Serrana

Seis vereadores de Nova serrana são afastados dos cargos durante operação do Gaeco. Eles são investigados em um possível esquema de assessores fantasmas. Uma arma foi encontrada em um dos gabinetes

252
Compartilhar

Uma megaoperação aconteceu na manhã de terça-feira, dia 07/05 na Câmara Municipal de Nova Serrana. Segundo informações, seis vereadores são investigados no município, suspeitos de um esquema de contratação de assessores fantasmas. A operação foi desencadeada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público, em parceria com a Polícia Civil.

Foram cumpridos 13 mandados de busca e apreensão na casa dos parlamentares, nos gabinetes e também no departamento de pessoal da Câmara Municipal. As investigações começaram em abril.

Os investigados são: o atual presidente da Casa Legislativa, Omar Fernandes dos Santos (PROS), o vice-presidente Valdir Rodrigues de Souza, (Valdir das Festas Juninas – PCdoB), Juliano Marques de Lacerda (Juliano da Boa Vista – PSL), Gilmar da Silva Martins (Gilmar da Farmácia – PV), Adair Lopes de Souza, (Adair da Impacto – Avante) e Valdir Rodrigues Pereira (Valdir Mecânico – PCdoB).

Documentos foram apreendidos. Uma arma também foi encontrada em um dos gabinetes. Até o momento não foi divulgado a qual dos vereadores ela pertence.

Até o momento do fechamento desta nota, estavam na Delegacia Regional da Polícia Civil de Nova Serrana um dos promotores que estão à frente do caso e irá viabilizar imagens dos materiais apreendidos para a imprensa.

Ainda nesta terça-feira será realizada uma entrevista coletiva com todos os detalhes da operação desencadeada Câmara de Nova Serrana.

Com informações do Jornal o Popular, Portal Centro-Oeste, G1, Sistema MPA. Texto adaptado.