Connect with us

destaque

Mais duas mortes por Covid-19 em Divinópolis, crianças começam a ocupar CTIs

Publicado

on

O aumento de casos diários que vem afetando todo o mundo, vem trazendo consigo mais uma vez o aumento no número de hospitalizações seja nas enfermarias seja nos CTIs das unidades hospitalares. Em se tratando da variante ômicron faixas etárias que antes não apareciam em destaque nos boletins de contaminação agora passam a compor com mais relevância as estatísticas. Crianças de 0 a 10 anos que nos primeiros meses da pandemia covid eram quase não apareciam nas estatísticas, hoje já trazem preocupação com internações sendo registradas em enfermarias e CTIs.

Em Divinópolis, segundo informa a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) os CTIs Infantis estão operando com carga máxima. No hospital Santa Mônica, a ocupação já chegou a 200%, mesmo considerando as poucas vagas disponíveis, o nosocômio, apesar de não atender via SUS, possui 2 crianças no setor internadas em busca de recuperação.

Já o Hospital São João de Deus, que também é referência de atendimento para outros 54 municípios da região Centro-Oeste de Minas, já atingiu 100% de ocupação nos últimos dias, o CSSJD, possui 18 leitos de CTI Infantil pelo SUS e 10 destes já estão ocupados.

O hospital é o único a atender pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em Divinópolis. Com 18 leitos de CTI infantil para a rede pública, 10 são para COVID.

Até essa segunda-feira (24) o percentual de ocupação nas vagas SUS e saúde complementar atingiam o percentual de 40%. As crianças internadas passam por uma avaliação que detecta o coronavirus como todos os casos respiratórios

Nas enfermarias a capacidade de atendimento se aproxima do limite, com uma ocupação na casa dos 86%, o setor possui 14 leitos.

Mortes

Assim como no início da pandemia os casos de morte ameaçam com mais intensidade as pessoas de maior faixa etária, seja pela fragilidade natural da idade bem como pela existência muitas das vezes de comorbidades já preexistentes em função do avançar da idade. A Prefeitura de Divinópolis divulgou o óbito de mais duas pessoas , ambas do sexo feminino,  uma de 91 anos portadora de diabetes, doença cardiovascular crônica, doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), doença renal crônica e hipertensão arterial e uma segunda de 92 anos, portadora de doença cardiovascular crônica, os óbitos aconteceram nos dias 22 e 23 de janeiro respectivamente.

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

Clique aqui e siga-nos no Twitter

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de Telegram

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WPP-1024x338.jpg

PUBLICIDADE

Publicidade

COLUNISTA FOTOGRAFICO

COLUNISTA VARIEDADE

Publicidade
error: O conteúdo está protegido !!