Connect with us

destaque

Luto: morte de Cabo Édipo repercute em Divinópolis

Publicado

on

A morte do divinopolitano Cabo Édipo ainda é sentida por amigos e familiares em Divinópolis.

Wander Édipo, 30 anos, era policial militar. Durante a tarde de ontem (2), o Édipo se deslocava em seu carro particular pela MG 050 no trajeto de Divinópolis até Arcos. Nas proximidades do Café dos Motoristas, no KM 141, o condutor perdeu o controle do veículo e se chocou contra outro automóvel.

Com o impacto, duas pessoas ficaram levemente feridas. Porém, o motorista Cabo Édipo foi ejetado de seu carro e caiu ao solo na rodovia. A vítima não resistiu aos graves ferimentos e faleceu.

Amigos e familiares prestaram luto e homenagens em redes sociais.

Tinha ótimo tirocínio policial. Presenciei a prisão de um estuprador que ele realizou no ano de 2017. Também testemunhei seu empenho em ocorrências que demandaram decisões rápidas. Como pessoa, era um homem bom, e generoso até demais. Estamos de luto“, relata Hugo Serelo, repórter policial na Rádio Sucesso e redator do Portal Diviweb.

Pai amoroso, Wander deixa um filho pequeno. Natural de Abaeté, Cabo Édipo cultivou amigos e familiares em Divinópolis, onde trabalhou como policial militar após ingressar na corporação precocemente por volta dos 20 anos.

Recentemente, estava lotado na cidade de Arcos.

As causas do acidente são investigadas. Imprudência do motorista é a probabilidade mais cogitada.

Amigos e familiares prestam luto.

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

Clique aqui e siga-nos no Twitter

PUBLICIDADE

Publicidade

COLUNISTA FOTOGRAFICO

COLUNISTA VARIEDADE

Publicidade