Connect with us

destaque

Horário de verão pode voltar se maioria concordar, diz Bolsonaro

Publicado

on

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a falar sobre a possível volta do horário de verão, desta vez ele defendeu que isso só aconteceria caso a maioria da população concordasse com a medida.

“Se comprovou, realmente, que não aumentava o consumo de energia, que era o ponto focal, principal, da existência do horário de verão. E até o momento, eu vejo que continua a maioria da população contrária ao horário de verão. Se a maioria mudar de posição, eu sigo a maioria. Sou democrata, sigo a maioria”, defendeu Bolsonaro, em entrevista à rádio ABC, do Rio Grande do Sul.

Desde 2019, primeiro ano do governo Bolsonaro, o horário de verão foi suspenso. O motivo? O governo entendeu que havia perdido o sentido de manter a medida para os próximos anos.

“Nos últimos anos houve mudanças no hábito de consumo de energia da população, deslocando o período de maior consumo diário para o período da tarde, quando o horário de verão não tem influência”, informou o Ministério de Minas e Energia em 2019.

Em uma pesquisa, que o governo não revelou detalhes, também divulgaram que a maioria das pessoas desejavam o fim deste horário.

Grandes redes já pediram volta do horário de verão

Em junho, um grupo de empresas, entre elas McDonalds, Burguer King e Outback, já se posicionou pela volta do horário de verão em uma carta enviada ao presidente. Com “uma hora a mais” no dia, a expectativa dos empresários é que o faturamento também aumente.

“É um pleito que não prejudica ninguém. Certamente seria uma boa medida de fomento para retomada”, afirmou na época o diretor da Associação Nacional dos Restaurantes (ANS) , Fernando Blower, a Folha de São Paulo.

Mesmo neste cenário, Bolsonaro não parece muito convencido e afirmou que espera “apoio popular” para retornar com o horário especial. Por outro lado, ele não mencionou como tem medido qual a opinião da população neste sentido.

“Sei que para alguns setores aumenta o faturamento, porque as pessoas ficam mais tempo frequentando o comércio. Isso a gente pesa aqui também. No momento não tem clima, apoio popular para a gente voltar o horário de verão”.

Especialistas ouvidos pelo G1, por outro lado, tem se mostrado favoráveis a medida por pelo menos três motivos:

  • Economia de energia;
  • Impacto positivo sobre a atividade econômica;
  • E o efeito da luminosidade adicional sobre indicadores de segurança pública.

Notícias Concursos

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

Clique aqui e siga-nos no Twitter

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de Telegram

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WPP-1024x338.jpg
Publicidade

PUBLICIDADE

Publicidade

COLUNISTA FOTOGRAFICO

COLUNISTA VARIEDADE

Publicidade