Connect with us

destaque

Homem acorda com m@sturbação feita por amigo pensando ser esposa e gera confusão em Minas

Publicado

on

Um incidente de importunação sexual resultou em uma briga em Ipatinga, Minas Gerais. Um homem de 36 anos alegou ter sido tocado de forma inapropriada nas partes íntimas enquanto dormia, inicialmente pensando que era sua esposa, mas, na verdade, era seu amigo de 33 anos.

Os eventos ocorreram após uma festa de casamento, durante a madrugada de domingo, 1º de outubro. A Polícia Militar foi chamada e prendeu o suspeito.

De acordo com o boletim de ocorrência, após o casamento, o homem de 36 anos foi para a casa de um terceiro, junto com sua esposa e outros amigos, incluindo o homem de 33 anos, suspeito da importunação sexual. Todos planejavam passar a noite na residência após a festa.

O homem de 36 anos relatou ter se deitado no sofá e adormecido. Em certo momento, ele afirmou ter sentido toques inapropriados em suas partes íntimas, acreditando inicialmente que fosse sua esposa. Porém, ao abrir os olhos, percebeu que era o homem de 33 anos tocando-o sobre a roupa. Isso o deixou transtornado, levando a uma discussão e posteriormente a uma briga física, que resultou na rasura da camisa do autor do ato.

Após a briga, o suspeito de importunação sexual deixou a casa, acompanhado de uma amiga, e foram para um hotel.

Quando a polícia chegou ao local, o suspeito já havia partido. Os depoimentos foram colhidos, e os policiais se dirigiram ao hotel onde o suspeito foi localizado, preso sob acusação de importunação sexual e levado à delegacia.

O autor do ato alegou que uma terceira pessoa na casa teria insinuado que o homem de 36 anos era homossexual, o que o teria levado a se aproximar com uma expressão provocativa e ter dito “bora, príncipe”. Ele indicou que essa declaração teria desencadeado a revolta do homem de 36 anos.

PUBLICIDADE

Publicidade

COLUNISTA FOTOGRAFICO

COLUNISTA VARIEDADE

Publicidade

contato@diviweb.com.br / 37 - 3213-0334

error: O conteúdo está protegido !!