Connect with us

destaque

Governo já gastou bilhões com pagamento de auxílio

Publicado

on

O Governo Federal atingiu a marca de R$ 4,36 bilhões de reais gastos com os pagamentos do novo Auxílio Emergencial este ano. Pelo menos é isso o que dizem os dados do próprio Ministério da Cidadania, que é a pasta que responde pelo Auxílio.

De acordo com o Ministério, esse dado é do montante de pagamentos do Auxílio até a última terça-feira (20). De lá para cá, esse número seguramente aumentou. Ao todo, o Governo ainda tem à disposição cerca de R$ 35 bilhões para distribuir nos pagamentos desse Auxílio.

Naturalmente, esses R$ 35 bilhões irão servir para que o Governo realize os pagamentos do Auxílio para os informais e membros do Bolsa Família que ainda não receberam a primeira parcela. Além disso, é desse montante que irão sair as outras três parcelas desse programa.

O Governo tem um teto de R$ 44 bilhões para os pagamentos desse Auxílio Emergencial. É portanto uma espécie de teto de gastos exclusivo para o programa. Pelo menos é isso que está no texto da PEC Emergencial que o próprio Congresso aprovou há algumas semanas.

É justamente por causa desse teto que o Governo afirma que não vai poder pagar valores mais altos desse auxílio neste momento. É que de acordo com o Ministério da Economia, se o Governo passar desse limite de gastos, estará cometendo um crime de responsabilidade fiscal.

Quem recebeu

De acordo com o calendário da própria Caixa Econômica Federal, o Brasil fez os pagamentos da primeira parcela para a maioria das pessoas elegíveis para o Auxílio. Os informais que nasceram no mês de janeiro foram os primeiros a receberem o benefício. Isso aconteceu ainda no último dia 6 de abril.

De lá para cá, vários outros trabalhadores informais  receberam também. Eles estão obedecendo a ordem do mês de nascimento de cada um. Esse grupo de pessoas possuem cadastro no Cadúnico. Há ainda aqueles que se inscreveram no Auxílio Emergencial no ano passado pelo aplicativo.

Os beneficiários do Bolsa Família também começaram a receber o Auxílio Emergencial este ano. De acordo com o calendário próprio deste grupo, eles começaram a receber ainda no último dia 16 de abril. O calendário deles, no entanto, não segue data de nascimento e sim o final do Número de Inscrição Social (NIS).

Quem ainda espera os pagamentos

Mas muita gente ainda nem sequer sabe se vai receber ou não o Auxílio Emergencial. Isso acontece porque o Governo está liberando os resultados em forma de lotes. É por isso portanto que tem muita gente ainda com a mensagem de análise em processamento.

De acordo com o próprio Ministério da Cidadania, essas pessoas não precisam se preocupar. É que segundo eles, essa demora não quer dizer necessariamente que exista um problema no seu cadastro. Acontece apenas que eles estão levando um tempo maior para fazer essa análise.

Se essas pessoas tiverem a resposta positiva, elas receberão as quatro parcelas normalmente. A única diferença é que elas seguirão um calendário próprio. Em caso de negativa, também não há problemas. Essas pessoas poderão recorrer dentro de um prazo de dez dias contando do dia da negativa.

FONTE: NOTÍCIAS CONCURSOS

Para notícias 24 horas por dia, siga nossa rede social abaixo : 

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

Clique aqui e siga-nos no Twitter

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de Telegram

Publicidade

PUBLICIDADE

Publicidade

COLUNISTA FOTOGRAFICO

COLUNISTA VARIEDADE

Publicidade