Connect with us

destaque

Governo Federal vai distribuir cartões para saques do Auxílio Brasil

Publicado

on

O Governo Federal já mandou preparar milhões de cartões para saques do programa Auxílio Brasil. De acordo com informações do jornalista Lauro Jardim, do jornal O Globo, a ideia é entregar esses dispositivos nas mãos dos usuários entre os meses de novembro e dezembro. Pelo menos é isso o que se sabe até aqui.

Como os pagamentos já começarão daqui a algumas semanas, então é provável que pelo menos no primeiro ciclo as pessoas não tenham ainda esse cartão. Só então por volta do segundo repasse é que elas poderiam utilizar esse dispositivo para fazer o saque do benefício na boca do caixa.

O Governo Federal avalia que o uso do cartão para fazer um saque acaba deixando os repasses um pouco mais seguros. Há portanto um certo receio de que aconteça no novo Bolsa Família aquilo que aconteceu no Auxílio Emergencial no ano passado. Bilhões de reais foram desviados por causa de fraudes.

Pouco se sabe ainda sobre esses cartões do programa em questão. Só o que está claro é que eles serão em verde e amarelo e terão a gravação frase “Pátria Amada, Brasil”. Trata-se, portanto, de um trecho do Hino Nacional que também é usado como slogan oficial do Governo do Presidente Jair Bolsonaro.

Foto: Reprodução

Não se sabe ainda se todos os 17 milhões de usuários irão receber esses cartões de uma só vez. É provável que eles entreguem esses dispositivos aos poucos, começando no final de novembro. De acordo com informações de bastidores, o Ministério da Cidadania vai ser a pasta responsável pela distribuição desses objetos.

Auxílio Brasil

O plano do Governo Federal é começar os pagamentos desse novo Auxílio Brasil no próximo mês de novembro. Em tese, o que se sabe é que esse programa vai substituir a atual versão do Bolsa Família, que está chegando ao fim.

De acordo com o Ministério da Cidadania, cerca de 14 milhões de pessoas são beneficiárias do Bolsa Família atualmente. São brasileiros que se encontram em situação de pobreza ou de extrema-pobreza. Além desses usuários, estima-se que cerca de 2,4 milhões estejam na fila de espera.

O plano do Governo Federal é pagar o Auxílio Brasil para algo em torno de 17 milhões de pessoas. Pelo menos até a publicação desta matéria, eles não tinham decidido qual vai ser o ponto de corte definidor da renda per capita do país para este novo projeto.

Prorrogação

Sobre a prorrogação do Auxílio Emergencial, o Governo Federal aparentemente tomou a sua decisão. De acordo com o Ministro da Cidadania, João Roma, o projeto não vai mais passar por um aumento no número de parcelas.

Diante da queda nos números de novas internações por causa da Covid-19 e do aumento de oferta de vagas de trabalho para os informais, o Governo achou por melhor não prorrogar o benefício mais uma vez.

Vale lembrar que o Governo Federal já tinha prorrogado esse Auxílio Emergencial uma vez. Agora, eles estavam sofrendo pressão para pagar o programa por mais alguns meses. Aparentemente, no entanto, isso não vai acontecer.

Notícias Concursos

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

Clique aqui e siga-nos no Twitter

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de Telegram

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WPP-1024x338.jpg
Publicidade

PUBLICIDADE

Publicidade

COLUNISTA FOTOGRAFICO

COLUNISTA VARIEDADE

Publicidade
error: O conteúdo está protegido !!