Compartilhar

Reportagem de Natália Oliveira para o Jornal “O tempo”

O menino de 6 anos, que foi o único sobrevivente de um acidente com a família de Campinas, em São Paulo, recebeu alta do Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU), na noite desta terça-feira (9). O acidente ocorreu no KM 45 da BR-050, entre Araguari e Uberlândia,no Triângulo Mineiro, no último domingo (7).

Os pais e o irmão do menino morreram no acidente. A criança escalou um barranco para pedir ajuda às margens da rodovia. O menino só foi socorrido nesta terça-feira (9), 48 horas após sofrer o acidente. O tio da criança foi ao hospital e buscou o sobrinho para levá-lo a Campinas.

 

Ainda não se sabe o que causou o acidente, mas há suspeita de envolvimento de outro veículo. A Polícia Civil de Araguari ainda investiga as causas do acidente.

No acidente morreram Alessandro Monare, de 37 anos, Belkis da Silva Miguel Monare, de 35 e um dos filhos do casal, de 8 anos. O enterro deles está previsto para as 9h desta quarta-feira (10), em Campinas.
Buscas desde domingo

O paradeiro da família era um mistério desde domingo, quando saíram de Rio Quente para Campinas. Chegaram a ser utilizados drones para buscá-los e ninguém foi encontrado.Parentes das vítimas também refizeram o caminho para tentar encontrar pistas da família, mas também sem sucesso até a manhã desta terça-feira, quando o caso foi solucionado.

Compartilhar