FISCALIZAÇÃO EM CONJUNTO DA RECEITA FEDERAL, ESTADOS E MUNICÍPIOS ÀS EMPRESAS OPTANTES PELO SIMPLES NACIONAL

Conforme publicado pela Receita Federal, já foram selecionadas as empresas optantes pelo Simples Nacional que serão objeto do Alerta do Simples Nacional, totalizando 25 mil empresas.

A ação é resultado de um trabalho em parceria do fisco dos âmbitos federal, estadual e municipal. A análise tem como foco os anos 2014 e 2015 através do cruzamento de dados de faturamento informados pelas empresas optantes pelo simples nacional e valor de faturamento apurado pela Receita Federal através do banco de dados os valores de notas fiscais emitidas pelas empresas referentes à venda e serviços e também dos valores declarados pelas operadoras de cartão de crédito relativas às vendas no cartão de crédito e débito no mesmo período. Quando é efetuado o acesso ao portal do Simples Nacional para emissão do imposto durante os meses de julho a setembro deste ano, as empresas incluídas nesta analise serão comunicadas e deverão proceder a regularização caso realmente haja divergência. Caso seja detectado que não há divergência ou mesmo havendo já tenha regularizado não é necessária a comunicação nas unidades da Receita Federal.   Caso o contribuinte não tome providencias de regularização dentro deste prazo, o fisco abrirá processo de fiscalização para apurar as divergências.Consulte o contador da sua empresa para se informar se sua empresa foi comunicada evitando transtornos futuros.

Viviane Azevedo Contadora, Graduada em Ciências Contábeis. Especialista em gestão contábil, auditoria e controladoria. Diretora da Viaz Assessoria Contábil. Comentarista como consultora contábil no programa “Cidade Urgente” na TV Candidés. Comentarista no quadro “Entenda seus direitos” no “Agora na TV” do Jornal Agora na TV Alterosa. Colunista no Jornal Agora com a Coluna semanal “Informação Contábil”.