Connect with us

Brasil

Fim do Auxílio Emergencial: Bolsonaro confirma o término com o lançamento do Auxílio Brasil

Publicado

on

O presidente Jair Bolsonaro confirmou nesta quinta-feira (12) o fim do auxílio emergencial. Ele declarou que o governo federal encerra em outubro o pagamento do auxílio emergencial concedido em decorrência da pandemia de covid-19, com o início do pagamento do novo programa social, Auxílio Brasil, a partir de novembro.

Fim do Auxílio Emergencial

O pagamento da primeira etapa do auxílio emergencial ocorreu em abril de 2020. Foram disponibilizados R$ 329,5 bilhões para 68 milhões de beneficiários. Ao todo, foram processados 109,2 milhões de cadastros.

O auxílio emergencial foi lançado originalmente no ano passado com o valor mensal de 600 reais, sendo posteriormente reduzido para 300 reais. O valor atual médio do auxílio é de 230 reais.

O site criado para o programa recebeu 3,3 bilhões de visitas; foram mais de 159,2 milhões de downloads do aplicativo Auxílio Emergencial; mais de 868,4 milhões de ligações para central telefônica da Caixa 111 e mais de 378,8 milhões de downloads do aplicativo CAIXA Tem, utilizado para os pagamentos.

Em julho o governo prorrogou o auxílio emergencial por mais três meses, com parcelas em agosto, setembro e outubro, e lançou nesta semana o Auxílio Brasil, programa que vai substituir o Bolsa Família.

“Obviamente esses três meses terminam quando nós teremos então o novo programa Auxílio Brasil, onde, segundo acertado pela equipe econômica, o reajuste será de no mínimo 50% do que se paga no Bolsa Família atualmente”, disse Bolsonaro em pronunciamento no Palácio do Planalto.

Novo calendário divulgado

O Governo Federal anunciou o calendário de transferências e saques da prorrogação do Auxílio Emergencial 2021, que terá início no dia 20 de agosto para os trabalhadores que se cadastraram pelos meios digitais e para os que integram o Cadastro Único. Nessa data, receberão o benefício os aniversariantes de janeiro.

O detalhamento do cronograma de pagamento das três parcelas, que serão pagas neste mês, em setembro e em outubro, como mencionado, foi realizado em evento nesta quinta-feira (12), no Palácio do Planalto, com as presenças do presidente da República, Jair Bolsonaro, do ministro da Cidadania, João Roma, e do presidente da Caixa, Pedro Guimarães.

Destaca-se ainda que os inscritos do Bolsa Família seguem com os pagamentos pelo calendário habitual, com início no dia 18 de agosto.

Fonte; Brasil123

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

Clique aqui e siga-nos no Twitter

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de Telegram

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WPP-1024x338.jpg
Publicidade

PUBLICIDADE

Publicidade

COLUNISTA FOTOGRAFICO

COLUNISTA VARIEDADE

Publicidade