Connect with us

destaque

Família contesta morte por Covid-19 e alega constrangimento

Publicado

on

O boletim epidemiológico registrou hoje (30) duas mortes por Covid-19 em Divinópolis. Porém, familiares de uma das vítimas contestam parcialmente os fatos.

Durante a manhã, um senhor de 90 anos de idade faleceu após 15 dias internado num hospital da cidade. Apesar da vítima não ter sido diagnosticada com Coronavírus, familiares foram surpreendidos com a informação de que o velório estava suspenso, pois o corpo poderia estar infectado.

O aviso pegou a família desprevenida, visto que os familiares já estavam com os preparativos para o velório. Dessa forma, o corpo do idoso foi enterrado rapidamente dentro dos protocolos exigidos em casos de morte por Covid-19.

A confusão teria ocorrido porque após a morte o paciente teve seu corpo encaminhado, por engano, até um local pelo qual já passaram cadáveres contaminados pelo novo Coronavírus. Dessa forma, a precaução obrigou o serviço funerário a seguir um protocolo de segurança para o velório, considerando que o cadáver pudesse estar infectado.

Exames clínicos atestam que o idoso não tinha Covid-19.

Mesmo impedidos de velar o corpo da vítima, amigos e familiares prestaram luto pela perda de um ente querido.


Noticias 24 horas por dia siga nossa rede social a baixo : 

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

Clique aqui e siga-nos no Twitter

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de Telegram 

Confira também:

Publicidade

PUBLICIDADE

Publicidade

COLUNISTA FOTOGRAFICO

COLUNISTA VARIEDADE

Publicidade

MAIS VISTOS

error: O conteúdo está protegido !!