Compartilhar

Não é nenhuma novidade que o Instagram se tornou uma das redes sociais preferidas pelas pessoas para compartilharem suas fotos e hábitos na internet, o crescimento da plataforma acabou trazendo o varejo de carona uma vez que diversas lojas passaram a utilizar a ferramenta para expor e vender seus produtos para seus seguidores.

O problema é que este tipo de transação nunca havia sido planejada ou implementada pelo Instagram para trazer mais comodidade e segurança para quem decide comprar e vender pelo aplicativos de fotos abrindo dessa forma brechas para que fraudes acontecessem. No site Reclame Aqui existem diversas denúncias de usuários que compraram produtos por meio de negociações via “direct” no Instagram e mais tarde descobriram que a loja virtual não existia ou até mesmo se tratava de um fake de uma loja renomada.

O Bagy App traz ao mercado a solução para este problema, pensado e desenvolvido pelos sócios Tiago Amaral e Pedro Rabelo o aplicativo sistematiza a relação entre comprador e vendedor de forma a trazer mais segurança e comprometimento das duas partes. A interação entre Instagram e Bagy é bastante intuitiva e rápida, caso a loja esteja listada no Bagy assim que o interessado curtir um produto ele já aparecerá como favorito no Bagy e a partir daí ele poderá concluir a compra com toda segurança já comprovada de grandes lojas de ecommerce.

O aplicativo já conta com 45 lojistas criteriosamente escolhidos pelos fundadores após um processo de seleção que visa principalmente filtrar as lojas comprometidas com o consumidor e que têm processos de venda e envio comprovadamente positivos. A ideia é que este número chegue a 100 lojas nos próximos meses e ofereça a cada dia mais variedade de produtos e lojas para os seus usuários. Bagy está disponível para os sistema iOS e Android.

Compartilhar