Connect with us

destaque

EM ITAUNA, ESCOLA ESTADUAL TEM AULAS SUPENSAS POR COVID

Publicado

on

Provável contaminação aconteceu em alunos do ensino integral

Nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira (1), a Escola Estadual Judith Gonçalves, localizada no bairro Santanense em Itaúna suspendeu as aulas que aconteciam hoje.

O comunicado aos pais e alunos se deu através do grupo de estudos no Whatsapp, utilizado pela escola durante todo o período de suspensão das aulas presenciais e mantido até o momento para a manutenção do contato e prestação de ensino remoto aos eventuais alunos que por motivos justificados ainda não voltaram as salas de aula para o ensino presencial.

O comunicado enviado, informava que em caráter preventivo, as aulas desta quarta-feira estariam suspensas em todas as turmas e turnos dada a suspeita de contaminação de um aluno que integra o grupo de estudantes no sistema integral e que no Judith Gonçalves compõem-se de duas turmas. A ação preventiva foi tomada pela diretora da escola e comunicada por volta das 6:20 da manhã antes mesmo do inicio do primeiro turno.

A medida de suspender alunos e professores, geralmente é tomada levando-se em consideração a “bolha” de alunos e professores a que o eventual contaminado pertence, mas no caso em questão, os alunos do tempo integral mantem contato direto com todos os alunos e professores, dos turnos da manhã e tarde, sendo assim a possibilidade de contagio seria maior, dada a proximidade com alunos de outras “bolhas”.

Em contato com a direção da escola o jornalismo da DIVIWEB, foi informado que a decisão tomada era emergencial e preventiva, já que exames ainda seriam realizados pelo suposto aluno contaminado e a partir daí outras medidas seriam tomadas e informadas ao corpo docente e discente nesta tarde de quarta-feira.

O jornalismo tentou e vem tentando a várias horas entrar em contato com a Superintendência Regional da Educação localizada em Divinópolis, mas o telefone disponibilizado na página da mesma na internet não atende em momento algum.

Mesmo com a rápida decisão da direção de informar aos pais e alunos a respeito da suspensão preventiva das aulas no dia de hoje e a orientação de que as aulas seriam ministradas de maneira remota, alguns pais se mostram descontentes com a decisão, sob alegação de que forma avisados na ultima hora e que alunos da parte da manhã acordaram cedo para ir a escola.

Por volta das 8 horas da manhã , a direção do Judith Gonçalves mais uma vez utilizou-se do grupo WhatsApp para contatar pais e alunos  orientando-os para que alunos da escola residentes no bairro Santanense que eventualmente apresentassem algum sintoma Covid, deveriam procurar o PSF do bairro para notificação, afim de receber orientação e se necessário fosse realizar o teste Covid, já para os alunos que estudam no educandário e que residem na zona rural, estes deveriam procurar o Posto de Saúde Central e os que moram em outros bairros os PSFs de sua localidade.

Afim de informar a alunos e pais, a escola também realizou ligações para vários deles esclarecendo a situação.

Prefeitura de manifesta

Na tarde desta quarta-feira (1) a Prefeitura Municipal de Itaúna se manifestou sobre o caso informando serem 4 o numero de alunos com suspeita de contaminação e que a decisão de suspender as aulas no dia de hoje, foi tomada pela própria direção do Estadual Judith Gonçalves e que as ações foram executadas seguindo os protocolos sanitários do Governo de Minas Gerais a quem é subordinada.

Retorno das aulas

Ainda segue indefinido se as aulas voltarão ao sistema presencial ou não, nesta quinta-feira (2), em contato com direção formos informados que estes aguardam manifestação da Superintendência de Educação em Divinópolis. É aguardada uma manifestação da escola a qualquer momento.

Isolamento por 14 dias e término do ano letivo

Se confirmadas as contaminações dos alunos suspeitos e a necessidade de isolamento a fim de conter a contaminação dos demais alunos e professores, as aulas poderão ficar suspensas presencialmente dentro do prazo preconizado pelo protocolo Covid-19, ou seja, 14 dias em isolamento domiciliar. Tal período atingiria praticamente todo o restante do ano letivo dos alunos da rede estadual, onde 17 de dezembro é a data programada para o término do segundo semestre letivo e o encerramento das aulas em 2021 em 22 de dezembro, o que não justificaria o retorno às salas de aulas tanto por professores quanto para alunos.

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

Clique aqui e siga-nos no Twitter

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de Telegram

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WPP-1024x338.jpg

PUBLICIDADE

Publicidade

COLUNISTA FOTOGRAFICO

COLUNISTA VARIEDADE

Publicidade

contato@diviweb.com.br / 37 - 3213-0334

error: O conteúdo está protegido !!