Compartilhar

A Secretaria Municipal de Saúde confirmou nesta quarta-feira, 08 a morte de duas pessoas causadas por febre maculosa. Ambas as vítimas tinham frequentado a região do Parque da Ilha, tanto que a prefeitura anunciou hoje, a interdição do local por tempo indeterminado.

A medida foi necessária após duas mortes serem confirmadas pela doença. Em um dos casos, um idoso de 81 anos esteve no parque e contraiu carrapatos. Ele ficou internado no hospital Santa Lúcia, mas não resistiu. No segundo caso, uma jovem de 24 anos deu entrada na UPA com sintomas semelhantes. Ela foi transferida até o hospital São João de Deus, mas também morreu. Uma terceira morte ainda é investigada.

Há cerca de 15 dias, após a suspeição dos casos, a prefeitura fixou uma faixa na entrada do Parque da Ilha orientando os frequentadores, sobre a febre maculosa. Nesta quarta veio à decisão oficial de interditar o parque. Segundo a prefeitura, a dedetização do local já foi realizada, inclusive na Escola Darcy Ribeiro, que fica ao lado do parque. Em outras regiões da cidade, o alerta continua com faixas alertando a população.

A previsão da prefeitura é que o parque volte a funcionar após o período de maior incidência do carrapato, que é em meados de outubro. A outra morte por febre hemorrágica ainda depende de um laudo para confirmar se foi causada por febre maculosa.

Fonte: Sistema MPA

Compartilhar