Compartilhar

Reportagem de Pedro Ferreira para o Jornal “O tempo”

Uma galinha garnisé surpreendeu uma família de Divinópolis, no Centro-Oeste de Minas, ao botar um ovo de apenas 1,5 cm, quando o tamanho normal seria de 4 a 5 cm, segundo o médico veterinário e especialista em aves, André Israel Leite. Foi a primeira vez que a galinha “Lelê” botou.

A psicóloga Juliana Maria Freitas, 33, conta que a filha de 4 anos dela ganhou a pequena ave de uma prima. Ela conta que no sábado a garotinha acordou cedo para cuidar das duas galinhas, Lelê e Florinda, e do galo Cri-cri, todos garnisés, quando percebeu o pequeno ovo no ninho.

“Ela sempre confere se tem ovinho. A Florinda já tem o costume de botar, mas essa foi primeira vez da Lelê. Quando minha filha abriu a portinha da casinha, a galinha saiu e ela pegou o ovinho e ficou encantada com o tamanho. E o ovinho estava quetinho. Lelê tinha acabado de botar”, conta a psicóloga.

Juliana explica que o ovo é muito menor do que o de uma codorna. “Para você ter uma noção, eu o coloquei em cima de uma pratinha de R$ 0,10, que é bem pequenininha, e ele não chegou a preencher a pratinha”, compara a psicóloga.

Juliana conta que ficou tão encantada que decidiu compartilhar fotos e vídeos do ovo nas redes sociais. Não demorou muito, o assunto já era um dos mais comentados nas ruas de Divinópolis. “O que mais vale nisso tudo é a alegria da minha filha”, comentou.

Juliana conta que foram ao sítio de uma prima e que a filha dela ficou encantada com Lelê. “Ela ganhou essa galinha e ela veio para Divinópolis dormindo no colo da minha filha, que a trata como amiga e conversa com ela”, disse.

O pai da criança comprou uma casinha para as três aves, com rampa e poleiro. “Durante o dia, Lelê, Florinda e o galo Cri-cri ficam soltos e eles comem taioba nos valos de planta. “Temos uma cachorrinha que convive com elas no mesmo ambiente. Chega a tarde, elas entraram para a casinha e no dia seguinte a gente as solta de novo”, disse Juliana, ressaltando que as aves não comem nada além de taioba, milho e ração própria para galinha. “A minha filha adora comer ovos, mas o ovinho da Lelê ela guarda com carinho. Não sei por quanto tempo, mas está guardado”, conta a mãe da criança.

CAUSAS

Para o médico veterinário e especialista em aves, André Israel Leite, não é comum uma galinha garnisé botar um ovo tão pequeno assim. “As causas podem ser decorrentes da idade da ave ou relacionadas também a fatores nutricionais e ao estresse. Tudo pode desencadear uma postura de um ovo menor, com ovulação também de um óvulo menor do que o normal”, disse.

“Se for um ovo compelto, contendo gema, clara e a casca, e desse tamanho, então não é um ovo comum”, explica. “Dependendo do tamanho da galinha garnisé, o tamanho normal do ovo fica entre 3 cm e 4 cm”, reforça.

Segundo o veterinário, o que alarmou tanto as pessoas foi o fato de uma galinha, que que já é pequena, e que já bota ovos menores, botar um ovo menor ainda. “Uma galinha de porte normal, quando acontece isso, de botar um ovo menor, o ovo mede entre 3 cm e 4 cm. E a galinha garnisé, que já bota ovo de até 4 cm, acontecendo esse fato o ovo fica menor ainda”, reforça o veterinário.

Fonte: Sistema MPA

Compartilhar