Connect with us

destaque

Deputado propõe corte em salários para pagar Bolsa Família

Publicado

on

Desde que o Governo Federal deixou a Medida Provisória (MP) do novo Bolsa Família no Congresso Nacional, Deputados de todos os lados políticos estão tentando modificar o texto original. Para isso eles estão apresentando uma série de emendas ao texto. De acordo com informações oficiais, são mais de 400 até aqui.

Uma dessas propostas fala justamente da questão do valor médio do novo benefício. Como o Governo não especificou qual vai ser esse patamar, vários deputados estão tentando inserir essa informação. O Deputado Federal, Kim Kataguiri (DEM-SP) disse que sua proposta é aumentar o montante médio para a casa dos R$ 366.

Para isso, no entanto, ele apresenta uma alternativa. O Deputado disse que o Governo Federal precisa começar a fazer cortes em salários de servidores públicos. Não seriam, no entanto, todos eles. De acordo com o parlamentar, o foco dos cortes precisa ser apenas aqueles trabalhadores que recebem rendas mensais acima dos R$ 20 mil.

Hoje, de acordo com o Ministério da Cidadania, a atual versão do Bolsa Família paga uma média de R$ 189 por mês para os usuários. Esse patamar deve subir a partir do próximo mês de novembro. A questão é que o Governo ainda não decidiu de quanto vai ser esse aumento. Eles ainda estão debatendo este tema.

Kataguiri disse que a sua emenda propõe na verdade que o valor médio do novo Bolsa Família seja sempre correspondente a um terço do salário mínimo. Como este ano esse montante está na casa dos R$ 1100, então o novo Bolsa Família subiria para R$ 366. Quando um subisse, o outro acabaria subindo também.

Não é isso o que o Governo quer

Apesar de se identificar como um político de direita, o Deputado Kim Kataguiri não é mais tão próximo ideologicamente do Presidente Jair Bolsonaro. E de fato a sua ideia parece passar longe daquilo que o Palácio do Planalto está propondo.

De acordo com  informações de bastidores, a ideia do Governo Federal é mesmo aumentar o benefício em questão para uma média de R$ 300 ou R$ 400. Isso não dependeria, no entanto, do valor do salário mínimo, como o Deputado está propondo.

Além disso, não há muitas chances de cortes nas rendas de servidores. Pelo contrário. Informações de bastidores dão conta de que o Presidente Jair Bolsonaro quer pagar um reajuste para esses trabalhadores a partir do próximo ano.

Novo Bolsa Família

Até aqui, a ideia do Governo Federal vem sendo a mesma. Eles seguem com o objetivo de conseguir iniciar os pagamentos do novo Bolsa Família a partir do próximo mês de novembro. Para isso acontecer, no entanto, o Planalto vai precisar do Congresso.

É que por mais que a MP do Auxílio Brasil esteja valendo, ela precisa de aprovação dos parlamentares para se tornar definitiva. E é justamente por isso que muita gente está dizendo que o Governo precisa ter mais pressa para anunciar os detalhes do benefício.

De acordo com membros do Palácio do Planalto, eles só irão divulgar essas novas informações sobre valores e quantidade de beneficiários a partir do fim do próximo mês de setembro. Até lá não há previsão de novidades. Pelo menos é o que se sabe.

Notícias Concursos

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

Clique aqui e siga-nos no Twitter

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de Telegram

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WPP-1024x338.jpg
Publicidade

PUBLICIDADE

Publicidade

COLUNISTA FOTOGRAFICO

COLUNISTA VARIEDADE

Publicidade