Connect with us

destaque

Dataprev libera consulta de auxílio emergencial

Publicado

on

A tão esperada consulta do auxilio emergencial Dataprev 2021 já está na iminência de ser liberada. Acontece que os trabalhadores, tanto informais quanto os inscritos no Cadastro Único (CadÚnico), poderão descobrir se terão direito ao auxílio emergencial em 2021. A consulta será liberada a partir desta quinta-feira, 1º de abril.

O que é necessário para consultar o auxílio emergencial no site da Dataprev? Quais dados preciso preencher? Fique tranquilo (a) que a matéria traz todos os detalhes para você.

A princípio, vale destacar que o Governo Federal não abrirá o novo prazo para cadastramento nesta segunda rodada de pagamentos, conforme prevê a medida provisória de número 1.039. Sendo assim, os cadastrados serão os mesmos que receberam, por exemplo, o auxílio emergencial em dezembro do ano passado.

Partindo do novo critério de recebimento do benefício, o Governo Federal fará a liberação para 45,6 milhões de brasileiros. Ou seja, o número é inferior ao de 2020, quando nada menos que 68,2 milhões de pessoas receberam o benefício.

Em parceria com a Dataprev, o Ministério da Cidadania realiza o processamento dos cadastros conforme as regras divulgadas na medida provisória do auxílio emergencial.

Uma outra novidade é a limitação nos pagamentos do benefício. Ou seja, somente um membro do grupo familiar poderá receber o valor (mesmo que exista mais de uma pessoa com direito). Nessa situação, a Dataprev utilizará a seguinte ordem de prioridade para decidir quem receberá o benefício:

  • mulher provedora de família monoparental;
  • data de nascimento mais antiga. Para fins de desempate, do sexo feminino (prioridade);
  • ordem alfabética do primeiro nome, se necessário, para fins de desempate.

Consulta auxilio emergencial Dataprev 2021

Como será possível realizar a consulta auxilio dataprev.com.br? De acordo com informações do Governo Federal, a consulta vai possibilitar saber se você foi ou não aprovado no auxílio emergencial 2021. Dessa forma, para fazer a consulta para verificação, será necessário que o cidadão acesse o site e informe os seguintes dados:

  • CPF;
  • nome completo;
  • data de nascimento; e
  • nome da mãe

Além disso, a plataforma também vai possibilitar que o cidadão tenha acesso a resultados das análises, data de recebimento e envio dos pedidos entre sistemas Dataprev e Caixa, motivação da negativa do benefício, situação da segunda solicitação e contestação do pedido negado.

Entretanto, é necessário que o brasileiro fique atento, uma vez que mesmo sendo aprovado para receber a primeira parcela, o governo federal poderá cortar o benefício depois. Acontece que o governo federal revisará, mensalmente, todos os cadastros aprovados antes de realizar um novo pagamento, para garantir que o dinheiro não seja recebido por quem não se encaixa nas regras previstas em lei.

Por conta disso, o Governo Federal uniu Receita Federal, a Polícia Federal e a Controladoria-Geral da União para que detectem dados e possíveis fraudes.

De acordo com as novas regras do auxílio emergencial 2021, para que o trabalhador não tenha o benefício cancelado ele não poderá ter adquirido vínculo de emprego formal. Além disso, o brasileiro não deverá:

  • estar recebendo recursos financeiros provenientes de benefício previdenciário, assistencial, trabalhista ou de programa de transferência de renda federal, ressalvado o Abono-Salarial PIS/PASEP e os benefícios do Bolsa Família;
  • ter indicativo de óbito no Sistema Nacional de Informações de Registro Civil – SIRC ou no Sistema de Controle de Óbitos – Sisobi ou ter o CPF vinculado, como instituidor, à concessão de pensão por morte de qualquer natureza; ou
  • estar preso em regime fechado ou ter o CPF vinculado, como instituidor, à concessão de auxílio-reclusão.

1º parcela do auxílio emergencial no dia 6 de abril

Está tudo confirmado. O auxílio emergencial será pago a partir do dia 6 de abril. A confirmação veio nesta quarta-feira, 31 de março, durante coletiva do Governo Federal. O evento ocorreu com a presença do presidente Jair Bolsonaro, o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, e também o ministro da Cidadania, João Roma.

Veja o que disse Bolsonaro sobre os pagamentos:

“O calendário, com a volta do auxílio emergencial por mais quatro meses, é mais um endividamento da União. Isso não é dinheiro que estava no cofre. Isso pesa para todos nós, é uma conta que fica para nós e talvez para gerações futuras”,

Ministro da Cidadania confirmou os pagamentos para o dia 06 de abril, com pagamentos que vão passar da casa dos R$40 bilhões em 2021.

“Iniciaremos no dia 6 de abril o pagamento do auxílio emergencial 2021. Esse auxílio emergencial, no valor de R$ 44 bilhões, servirá para quatro parcelas no ano de 2021, que será direcionado para o brasileiro vulnerável, para quem está passando dificuldade”, disse o ministro.

Liberação do calendário

Nesta semana, o Ministério da Cidadania liberou o extrato de dispensa de licitação para contratar a Caixa Econômica Federal para realizar os pagamentos do benefício. A medida já era bastante esperada, uma vez que o banco já realizou os pagamentos no ano passado e já conta com toda a estrutura de pagamentos, viabilizando, assim, os pagamentos em todo o país.

O calendário oficial já está pronto, mas o banco preferiu não divulgar de imediato. Para isso, espera que o Governo autorize a liberação. A expectativa é que isso não deve demorar de acontecer, uma vez que os pagamentos do auxílio emergencial 2021 estão confirmados para começarem no dia 6 de abril.

Veja os valores de pagamentos do auxílio emergencial 2021:

  • Auxílio Emergencial de R$ 250 quem recebe? O valor será pago para a maior parte dos beneficiários (casais com ou sem filhos);
  • Auxílio Emergencial de R$ 150 quem vai sacar? aqueles que residem sozinhos (família unipessoal);
  • Auxílio Emergencial de R$ 375, maior valor, quem poderá? mulheres chefes de família (famílias monoparentais).

Entre no nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

Clique aqui e siga-nos no Twitter

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de Telegram 

Publicidade

PUBLICIDADE

Publicidade

COLUNISTA FOTOGRAFICO

COLUNISTA VARIEDADE

Publicidade
error: O conteúdo está protegido !!