Connect with us

Brasil

Confira : Auxílio emergencial: Governo define data para divulgação do calendário

Publicado

on

O Governo Federal está em vias de divulgar o tão aguardado calendário de prorrogação do Auxílio Emergencial. E de acordo com o Ministro da Cidadania, João Roma, eles definiram uma data para isso acontecer. Eles devem fazer essa divulgação na próxima semana. Roma, no entanto, se esquivou de apontar um dia exato.

De acordo com o Ministro, esse calendário será referente aos dias de pagamentos do benefício entre os meses de agosto e outubro. Neste documento, eles irão informar a data das liberações do dinheiro de forma digital e também os dias dos saques para a grande maioria das pessoas que recebem o Auxílio Emergencial.

Vale lembrar que esses calendários que irão passar por uma divulgação irão valer apenas para os trabalhadores informais. Quem recebe o Auxílio Emergencial através do Bolsa Família precisa seguir as sua datas próprias. No caso das pessoas deste grupo, aliás, essas informações já existem.

“Todos os que já estão recebendo vão receber normalmente a extensão de 3 meses do auxílio. As parcelas serão pagas em agosto, setembro e outubro e todos os beneficiários que cumprem os requisitos na medida provisória serão contemplados. Hoje contemplamos quase 40 milhões de beneficiários em todo o Brasil”, disse o Ministro.

Ainda de acordo com Roma, o Governo vai seguir realizando análises nas contas dos 37 milhões de brasileiros que estão recebendo o dinheiro do programa social. A ideia é tentar evitar fraudes. Por isso, ele citou o Dataprev e a Controladoria Geral da União (CGU) como órgãos que estão realizando esse tipo de revisão.

Além do Auxílio

Nessa mesma entrevista que o Ministro deu para o programa A Voz do Brasil, nesta segunda-feira (12), ele também falou sobre o novo Bolsa Família. De acordo com Roma, o projeto vai mesmo começar a fazer pagamentos em novembro.

No entanto, ele se esquivou de dar muitos detalhes. De acordo com ele, o benefício vai reunir uma série de liberações sociais em um pagamento só. Isso pode significar dizer que alguns programas sociais que existem hoje poderão deixar de existir.

Ele também falou que o novo projeto vai dar mais oportunidades para que as pessoas saiam dele. De acordo com o Ministro, a ideia principal é fazer com que os brasileiros se libertem dos pagamentos do Governo Federal e possam andar com as suas próprias pernas.

Segundo semestre

Tanto a prorrogação do Auxílio Emergencial como a criação do novo Bolsa Família fazem parte de um grande projeto do Governo Federal. A ideia do Palácio do Planalto é transformar os programas sociais em um benefício mais robusto.

Vale lembrar que o país está prestes a entrar em um ano de eleições presidenciais. O Presidente Jair Bolsonaro quer colocar a marca dele nesses programas. Por isso, há uma preocupação dentro do Governo Federal sobre esse assunto.

Além do Auxílio e do Bolsa Família, o Governo também está pensando em criar um projeto novo que ajuda os jovens que não estão nem estudando e nem trabalhando neste momento. O Ministro da Economia, Paulo Guedes, é quem está cuidando dessa ideia.

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

Clique aqui e siga-nos no Twitter

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de Telegram

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WPP-1024x338.jpg
Publicidade

PUBLICIDADE

Publicidade

COLUNISTA FOTOGRAFICO

COLUNISTA VARIEDADE

Publicidade
error: O conteúdo está protegido !!