Connect with us

Colunistas

Comboio de Satélites Starlink poderá ser visto no céu de Divinópolis na quarta, 3 de junho

Publicado

on

Passagem da Estação Espacial Internacional. Foto: Christyam de Lima
Passagem da Estação Espacial Internacional. Foto: Christyam de Lima

No mês de maio muitas pessoas têm visto luzes se movimentando em sincronia no céu em todo o Brasil e comentado nas redes sociais. Os veículos de comunicação UOL, Tecmundo, Olhar Digital, e outros, confirmaram que são satélites Starlink lançados pela empresa SpaceX.

O comboio de satélites cruzará o céu de Divinópolis e poderá ser visto sem uso de equipamento durante seis minutos. Será na quarta-feira dia 3 de junho de 2020, começando as 18h38. Eles passarão perto do Cruzeiro do Sul, indo de sudoeste para sudeste.

Em várias regiões do planeta já foram fotografados. Os dias de passagens visíveis dos satélites variam de acordo com o ponto e o horário em que o observador estiver no planeta. Só podem ser vistos a olho nu antes do amanhecer e depois do entardecer. Isso porque não possuem luz própria. O que vemos é a luz do sol refletida neles. Quando a luz do sol é refletida nos satélites durante o dia, a claridade do céu ofusca o brilho, e não vemos. Por isso existe horário certo para vê-los, mesmo que eles passem sobre nossa cidade várias vezes ao dia.

Aos poucos os satélites vão se separando até chegarem à altitude de 550 km, quando não será mais possível vê-los sem o auxílio de equipamentos. A SpaceX já lançou mais de 420 satélites. O objetivo é colocar mais de 40 mil no espaço para fornecer internet de alta velocidade a todos os cantos do planeta. O dono da empresa é o bilionário Elon Musk.

Existe um aplicativo para celular e um site na internet, www.findstarlink.com, que mostra quando os satélites Starlink estarão visíveis no local onde o usuário o acessa. Já o site https://james.darpinian.com/satellites/ mostra todos os satélites visíveis a olho nu onde a pessoa estiver, incluindo o Hubble e a Estação Espacial Internacional. As visualizações são sempre antes do amanhecer e depois do entardecer, quando está escuro, mas há luz solar na altura em que os aparelhos se encontram.

Publicidade

PUBLICIDADE

Publicidade

Próximos Eventos

Nenhum evento encontrado!

COLUNISTA VARIEDADES

COLUNISTA FOTOGRAFICO

COLUNISTA VARIEDADE

Publicidade

MAIS VISTOS

error: O conteúdo está protegido !!