Connect with us

destaque

Cidade paga Bolsa Atleta de até R$ 2 mil. Veja como se inscrever

Publicado

on

A cidade de Vila Velha, no Espírito Santo, está encerrando nesta segunda-feira (6), as inscrições para o programa Bolsa Atleta. O projeto, como o nome já diz, deve atender esportistas da cidade. A ideia é fazer pagamentos mensais que variam entre R$ 500 e R$ 2 mil durante um período de 12 meses. Faltam apenas algumas horas para o fim da inscrição.

De acordo com informações do governo local, quem quiser fazer a inscrição precisa entrar no site oficial da Prefeitura da cidade e preencher o formulário em questão. É importante comprovar que o cidadão trabalha com esporte de alta performance. Além disso, ele precisa provar que mora na em Vila Velha. Caso contrário, ele não vai passar pela seleção.

Ainda de acordo com as informações da Prefeitura, a ideia é atender 65 atletas nos pagamentos desse programa. O objetivo é fazer com que eles usem esse dinheiro para ajudar nos treinamentos e até mesmo nas viagens para as competições. Este não é um projeto novo na cidade, mas acabou de passar por um aumento de tamanho.

Segundo informações oficiais, o programa atendia até ano passado atletas que recebiam valores que variavam entre R$ 300 e R$ 1 mil. Além disso, a duração do período de recebimento também era menor. Até 2020, os esportistas só poderiam receber esse dinheiro durante, no máximo, oito meses. Pelo menos era assim que funcionava.

A Prefeitura não divulgou nenhuma parcial sobre a quantidade de pessoas que se inscreveram no projeto até aqui. É muito provável que a lista seja grande e que a maioria dos usuários estejam se inscrevendo neste último dia. Quem perder o prazo, não vai poder fazer uma reclamação depois.

Bolsa para esportistas

Várias pessoas estão cobrando os seus prefeitos e seus governadores para que eles levem esse projeto para as suas cidades. É que se entende que os esportistas brasileiros normalmente não contam com uma grande rede de apoio financeiro para competir.

A situação conseguiu ficar ainda pior durante a pandemia do novo coronavírus. Muitos deles não conseguiram dinheiro para fazer treinamentos básicos. Por isso, muitos deles acabaram se prejudicando profissionalmente.

Além do Bolsa Atleta, alguns estados e mesmo cidades estão realizando pagamentos dos seus próprios Auxílios até aqui. A grande maioria absoluta deles, não está pagando valores muito altos. Tratam-se apenas de ajudas básicas de custo.

Governo Federal

O Governo Federal tem o seu próprio Bolsa Atleta. O programa, aliás, atende uma série de esportistas que participaram dos Jogos Olímpicos de Tóquio há algumas semanas. Muitos deles ganham dinheiro justamente para participar de competições internacionais.

No entanto, essa está longe de ser a realidade da maioria. De acordo com dados oficiais do próprio Comitê Olímpico Brasileiro (COB), alguns atletas do país que estavam em Tóquio, tinham que dividir os seus treinos com outros trabalhos. Alguns participantes trabalhavam até como Uber.

Nas redes sociais,  vários atletas profissionais estão pedindo para que outros governantes façam a mesma coisa. O problema é que a grande maioria das cidades brasileiras afirmam que não conseguem pagar por mais benefícios neste momento.

Notícias Concursos

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

Clique aqui e siga-nos no Twitter

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de Telegram

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WPP-1024x338.jpg

PUBLICIDADE

Publicidade

COLUNISTA FOTOGRAFICO

COLUNISTA VARIEDADE

Publicidade