Compartilhar

Na sexta-feira, dia 15/3, será inaugurado em Nova Serrana o Centro de Referência de Atendimento à Mulher em Situação de Violência (Cram – Casa Mais Mulher). No local será oferecido atendimento social, psicológico, encaminhamento e orientação jurídica a mulheres em situação de violência.
O espaço foi instituído por meio da Lei Nº 2.572/2018 e será gerenciado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social. A inauguração acontece às 10h na rua José Rodrigues da Costa, 171 – Centro, com a presença de autoridades municipais e demais convidados.

Casa Mais Mulher

O principal objetivo do Cram é romper com a situação de violência, promovendo a cidadania por meio do resgate da autoestima da mulher em situação de violência.

Também faz parte dos objetivos da Casa evitar que a mulher volte à situação de vítima, informando-a sobre seus direitos e sobre os instrumentos jurídicos e medidas protetivas disponíveis.

As ações do Cram serão articuladas com a rede de atendimento local, com os serviços e organismos governamentais e não governamentais que integram a Rede de Atendimento às Mulheres em Situação de Violência.

A equipe técnica e administrativa da Casa Mais Mulher de Nova Serrana será formada por uma assistente social, uma psicóloga, uma advogada, uma assistente administrativa, uma auxiliar de serviços gerais e um motorista.

Serão desenvolvidas também ações de promoção do empoderamento feminino, tais como cursos, palestras, rodas de conversa, ações para geração de renda, dentre outras.

O atendimento no Centro de Referência de Atendimento à Mulher em Situação de Violência (Cram – Casa Mais Mulher) será feito de segunda a sexta-feira, de 8h às 19h.