Connect with us

destaque

Calendário da restituição do imposto de renda 2021

Publicado

on

O famigerado Imposto de Renda 2021 teve o calendário das restituições divulgado, com os pagamentos começando a se efetivar no mês de maio. Assim, o 1º lote teve sua programação feita para 31 de maio, com o último lote liberado em 30 de setembro.

A finalização do prazo para o contribuinte entregar a declaração do Imposto de Renda 2021 se dará também em 31 de maio. Entretanto, não haverá nenhuma alteração no cronograma dos pagamentos por conta disso.

Dessa forma, se o cidadão tiver direito ao ressarcimento do imposto, se transferirá o valor diretamente diretamente na conta bancária informada. Para isso, os dados devem ser revisados quando indicados na declaração.

Calendário da restituição do Imposto de Renda 2021

Ademais, deve-se atentar às datas do calendário das restituições. Elas começarão a ser pagas no mês de maio. Os 5 lotes seguirão o cronograma com as devidas datas listadas a seguir:

  • 1º lote – Pagamento efetuado em 31 de maio;
  • 2º lote – Pagamento efetuado em 30 de junho;
  • 3º lote – Pagamento efetuado em 30 de julho;
  • 4º lote – Pagamento efetuado em 30 de agosto;
  • 5º lote – Pagamento efetuado em 30 de setembro.

Prioridade na restituição

Prioriza-se as restituições do Imposto de Renda 2021 conforme a data atribuída das declarações. Portanto, isso quer dizer que se o contribuinte enviar sua declaração o mais cedo possível, maiores serão suas chances de ser restituído logo nos lotes iniciais, caso tenha direito às restituições.

Lembrando que o prazo final de envio das declarações é 31 de maio. Dessa forma, é importante ressaltar também que classificam-se os cidadãos por categorias. Estas possuem prioridades legais neste processo de restituição. Entre eles estão:

  • Pessoas que possuem 60 anos e acima dessa idade;
  • Prioridade especial para quem tem tiver mais que 80 anos;
  • Indivíduos com doenças consideradas graves, bem como com deficiências físicas;
  • Contribuintes com renda retirada da função do magistério.

Dicas para enviar a declaração com segurança

Um ponto importante que deve ser firmado sobre a restituição do Imposto de Renda 2021 é que o valor só é “devolvido” dentro dos lotes tradicionais quando não há nenhuma inconsistência de dados na declaração. Do contrário, se encontradas pendências ou erros, a malha fina retém a declaração a título de verificação.

À princípio, o contribuinte, para resolver a situação, deve enviar uma declaração que seja do tipo “corretiva”, apresentado documentações, caso necessário. Assim, libera-se a declaração depois da correção. Portanto, prestar total atenção nas informações apresentadas é imprescindível para não ocorrer nenhuma situação que “atrasará” a entrega final ou acarretará outros tipos de problemas.

A restituição tem seu valor atualizado segundo a taxa Selic que está acumulada ao mês posterior ao prazo da entrega das declarações até um mês antes do ressarcimento. A isso, acrescenta-se 1% mais dentro do mês o qual depositará o dinheiro.

De antemão, os contribuintes têm a opção de receber notificações do pagamento conforme o calendário das restituições via celular. Portanto, a Receita Federal informa que, para isso, deve-se instalar um aplicativo chamado Pessoa Física, disponível para Androi e iOS. Ademais, quando se envia o valor restituído do Imposto de Renda 2021 para o cidadão, recebe-se uma mensagem de alerta no celular.

FONTE: NOTÍCIAS CONCURSOS

Para notícias 24 horas por dia, siga nossa rede social abaixo : 

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

Clique aqui e siga-nos no Twitter

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de Telegram

Publicidade

PUBLICIDADE

Publicidade

COLUNISTA FOTOGRAFICO

COLUNISTA VARIEDADE

Publicidade
error: O conteúdo está protegido !!