Connect with us

destaque

Calendário da prorrogação do Auxílio ainda não foi definido

Publicado

on

O Governo Federal anunciou nesta segunda-feira (5) a prorrogação do Auxílio Emergencial. De acordo com informações do Palácio do Planalto, o programa vai ganhar mais três meses de duração. Dessa forma, as pessoas irão receber o dinheiro até o próximo mês de outubro, e não mais até julho, como estava previsto.

Com esse anúncio, muita gente está esperando para saber quando o calendários de pagamentos dos novos meses vai sair. E a verdade é que eles ainda não definiram essas datas. De acordo com informações de bastidores, o Governo só deve falar com a Caixa Econômica sobre isso nas próximas semanas.

Essa é uma discussão que envolve o banco pagador. É que é justamente a direção deles que vai definir quais seriam os melhores dias para começar esses repasses. O que se sabe de antemão é que as liberações deverão seguir a mesma lógica. Então os informais deverão seguir tendo dois calendários para o Auxílio.

Assim como acontece atualmente, o primeiro vai mostrar a data da liberação do benefício de forma digital. É nesta hora que o cidadão vai poder receber o dinheiro para fazer movimentações através do aplicativo Caixa Tem. De acordo com a Caixa, é possível realizar pagamentos de boletos e até algumas compras dessa forma.

O segundo calendário é o de saques. Ele mostra os dias em que esses usuários poderão retirar o dinheiro nas agências. São nestas datas que os trabalhadores podem retirar a quantia em espécie. Esta é a única opção para as pessoas que não possuem uma conexão de internet. Elas precisam pegar a quantia no banco.

Nada muda no Auxílio

De acordo com informações oficiais, o Governo não vai fazer muitas mudanças nesta nova fase do Auxílio Emergencial. A quantidade de usuários e os valores do projeto seguirão os mesmos até o próximo mês de outubro.

De acordo com o Ministério da Cidadania, cerca de 39,1 milhões de brasileiros recebem o Auxílio Emergencial hoje. E essas mesmas pessoas deverão seguir recebendo esses mesmos valores nesses três meses adicionais do programa.

Os montantes seguem os mesmos também. De acordo com as informações oficiais, o Governo paga hoje valores que variam entre R$ 150 e R$ 375 a depender da pessoa. Mães solteiras, por exemplo, recebem essa liberação maior.

Bolsa Família

O tamanho da prorrogação do Auxílio Emergencial mexe diretamente com o Bolsa Família. É que um programa só vai ter início quando o outro chegar ao fim. Pelo menos é isso que Governo Federal quer fazer.

Então se o Auxílio Emergencial vai seguir até o próximo mês de outubro, o Bolsa Família deve estrear em novembro, apenas. A ideia é que algumas pessoas que ficarão órfãs de um projeto acabem entrando no outro.

No entanto, tudo isso pode mudar. É que de acordo com o Ministro da Economia, Paulo Guedes, o Auxílio Emergencial pode ganhar uma nova prorrogação além desta. Então isso poderia empurrar o Bolsa Família para ainda mais longe.

Notícias Concursos

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

Clique aqui e siga-nos no Twitter

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de Telegram

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WPP-1024x338.jpg
Publicidade

PUBLICIDADE

Publicidade

COLUNISTA FOTOGRAFICO

COLUNISTA VARIEDADE

Publicidade
error: O conteúdo está protegido !!