Connect with us

destaque

Caixa Tem se transformará em breve em um banco digital; saiba como

Publicado

on

O Caixa Tem vai conceder microcrédito e cartão de crédito aos seus usuários. A novidade foi anunciada pelo vice-presidente de negócios de varejo da Caixa, Celso Leonardo Barbosa.

O aplicativo foi criado incialmente, para distribuir o pagamento do Auxílio Emergencial. No entanto, diante um número crescente de usuários na plataforma, o Caixa Tem vem concedendo serviços financeiros que visa trazer cada vez mais facilidades digitais.

“Continuamos com uma maior oferta de produtos para o cliente ter mais facilidade e conveniência. Já estou dando spoiler do lançamento de cartão de crédito e do microcrédito que o Caixa Tem vai ter”, afirma Barbosa

Empréstimos do Caixa Tem

Os empréstimos que serão disponibilizados no aplicativo, devem variar de R$ 100 a R$ 300. A nova linha será destinada aos cidadãos em situação de vulnerabilidade, que se tronaram correntistas do Caixa Tem por meio do auxílio emergencial.

Desta forma, a Caixa pretende transformar o aplicativo de repasses de benefícios em um banco digital. Sendo assim, as pessoas de baixa renda terão acesso a serviços de um banco virtual na palma da mão.

Conforme a declaração do presidente da Instituição, Pedro Guimarães, a intenção é proporcionar cada vez mais serviços digitais aos usuários. Além disso, o executivo salientou que a própria oferta de crédito será uma das medidas responsáveis para essa transformação.

Novos serviços

O executivo anunciou que a plataforma deve oferecer o microcrédito em breve. Os empréstimos são de valores variados, “R$ 100, R$ 200, R$ 300 de forma rápida, simples e digital”. Além disso, seguros com valores também variados devem chegar a plataforma.

Outra novidade, será a liberação de cartões de crédito direto pelo aplicativo. Hoje, o Caixa Tem oferece apenas um cartão de débito virtual, destinado para pagamento de compras on-line.

Entretanto, ainda não se sabe ao certo quando esses recursos estarão disponíveis no aplicativo, mas há informações que indicam que a liberação deve acontecer após o pagamento do auxílio emergencial.

A intenção da Caixa Econômica, é manter a plataforma ativa, bem como as contas nela cadastradas. Desta forma, as pessoas de baixa renda ainda terão chances de acessar serviços financeiros, mesmo após o fim do coronavoucher.

Notícias Concursos

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

Clique aqui e siga-nos no Twitter

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de Telegram

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WPP-1024x338.jpg
Publicidade

PUBLICIDADE

Publicidade

COLUNISTA FOTOGRAFICO

COLUNISTA VARIEDADE

Publicidade
error: O conteúdo está protegido !!