Connect with us

Brasil

Bônus de R$ 200 no Bolsa Família para quem conseguir emprego; saiba mais sobre o assunto

Publicado

on

O Governo Federal trabalha para a implantação de um novo programa social, e uma das medidas em estudo é a concessão de um bônus de R$ 200 para os beneficiários do Bolsa Família que consigam um emprego com carteira assinada, ou seja, um emprego formal.

Se confirmada, essa nova ação visa estimular o beneficiário na busca por emprego. No entanto, a partir do momento em que a carteira for assinada, deve ser considerado um prazo que, ao ser ultrapassado, ocasiona o término do benefício.

Bônus de R$ 200 e Bolsa Família até R$ 400

A inclusão do bônus de R$ 200 no programa social ainda segue em análise e a inciativa partiu dos membros dos Ministérios da Cidadania e da Economia, que acreditam que o Bolsa Família faz com que os beneficiários deixem de buscar emprego para não perder a fonte de recursos proporcionada pelo programa.

“Já em novembro entraremos com um novo programa social do governo, fortalecido e ampliado, para que os brasileiros possam também avançar cada vez mais não só com o suporte do Estado brasileiro para essa situação de vulnerabilidade, mas que ele possa vencer e avançar na sua situação e na sua qualidade de vida”, enfatiza o ministro da Cidadania, João Roma, sobre a questão da emancipação dos beneficiários.

Em relação ao Bolsa Família de R$ 400, novamente o presidente da República, Jair Bolsonaro, manifestou o desejo de chegar a esse valor para o novo programa social.

Nesta quinta-feira (5), em entrevista concedida para a Rádio 93 FM do Rio de Janeiro, o presidente afirmou que o Bolsa Família terá aumento mínimo de 50%, e que chega até o final deste ano

“Nós vamos, no mínimo, conceder a partir do final do ano, um reajuste de 50% do Bolsa Família. O ideal é chegar a R$ 400, porque houve a inflação de alimentos, e nós sabemos das dificuldades”.

Bolsonaro ainda explicou que não pode simplesmente dar uma ordem para a equipe econômica em relação ao novo valor do Bolsa Família, e sim, que precisa entrar em acordo e negociação com a equipe para não desequilibrar a economia.

Novo critério para concessão

O Bolsa Família é um programa de transferência de renda para pessoas em situação de extrema pobreza, que são aquelas cuja renda seja de até R$ 89 por cada membro da família. Já os rendimentos entre R$ 89,01 e R$ 178 são destinados às pessoas que estão em situação de pobreza.

Para o novo programa, o governo planeja elevar essas faixas para cerca de R$ 100 para as famílias que estiverem em extrema pobreza. As famílias em situação de pobreza, o valor passaria para R$ 200.

Dessa forma, haveria uma ampliação no número de beneficiários do novo Bolsa Família.

Fonte ; Brasil 123

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

Clique aqui e siga-nos no Twitter

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de Telegram

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WPP-1024x338.jpg

PUBLICIDADE

Publicidade

COLUNISTA FOTOGRAFICO

COLUNISTA VARIEDADE

Publicidade
error: O conteúdo está protegido !!