Connect with us

destaque

Bolsonaro diz que sabe que valor do novo Bolsa Família “será pouco”

Publicado

on

O Presidente da República voltou a falar nesta terça-feira (20) sobre os valores do novo Bolsa Família. Em entrevista para uma emissora de rádio, Bolsonaro disse que reconhece que os patamares de liberação do novo projeto social serão baixos. No entanto, ele argumenta que será o máximo que o país vai poder pagar.

“Hoje em dia, a média do Bolsa Família é de R$ 192. O que pretendemos fazer? Fixar o mínimo de R$ 300 a partir de novembro. Então, vai ser um aumento de mais de 50%. É pouco? Sei que é pouco. Mas é o que a nação pode dar”, declarou o Presidente em uma entrevista para a Rádio Itatiaia.

Com essa declaração, Bolsonaro volta a dizer que o valor mínimo de pagamentos no Bolsa Família será de R$ 300. Isso é portanto diferente do que ele mesmo disse há cerca de um mês quando argumentou que o programa iria pagar uma média de R$ 300 para as famílias em situação de vulnerabilidade no país.

Hoje, de acordo com o Ministério da Cidadania, o Governo paga uma média de R$ 190 para as famílias que recebem o benefício. Ainda segundo informações da pasta, cerca de 14 milhões de brasileiros recebem esse dinheiro de forma oficial. Esse número de usuários também deve aumentar a partir de novembro.

Vale lembrar que nem todos os beneficiários do Bolsa Família estão recebendo a quantia do programa neste momento. Cerca de 10 milhões deles estão pegando o dinheiro do Auxílio Emergencial. Isso está acontecendo de forma pontual, ou seja, quando esse projeto chegar ao fim, as pessoas irão voltar para o anterior.

Olho em Novembro

O valor médio dos pagamentos do Bolsa Família ainda é um problema dentro do Governo Federal. É que mesmo que Bolsonaro garante que vai puxar esse patamar para R$ 300, vários membros do Ministério da Economia discordam.

De acordo com informações da imprensa, muitos deles estavam querendo subir a média de pagamentos de R$ 190 para R$ 250, no máximo. Logo depois eles aceitaram puxar para R$ 270. No entanto, o Presidente segue firme na ideia de R$ 300 por mês.

Vale lembrar que essa ainda não é uma informação oficial. Segundo jornais do país, a ideia do Governo é enviar o projeto do novo Bolsa Família para o Congresso Nacional o mais rápido possível, mas isso não aconteceu ainda.

Auxílio Emergencial

Enquanto os pagamentos do novo Bolsa Família não chegam, o Governo Federal segue realizando os repasses do Auxílio Emergencial. Nesta semana, aliás, eles estão seguindo com as liberações da quarta parcela do programa.

Nesta quarta-feira (21) é a vez dos informais que nasceram no mês de abril. Eles poderão, neste primeiro momento, movimentar o dinheiro através do aplicativo Caixa Tem. A liberação do saque para essas pessoas deve acontecer apenas a partir do próximo dia 5 de agosto.

Outro grupo que também recebe a quarta parcela do Auxílio nesta data é o público do Bolsa Família que tenha o Número de Inscrição Social (NIS) terminando em 3. No caso deles, o Governo permite os saques da quantia no mesmo dia da liberação do dinheiro.

Notícias Concursos

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

Clique aqui e siga-nos no Twitter

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de Telegram

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WPP-1024x338.jpg
Publicidade

PUBLICIDADE

Publicidade

COLUNISTA FOTOGRAFICO

COLUNISTA VARIEDADE

Publicidade