Connect with us

destaque

Bolsa Família pode aumentar em até 50%, diz Bolsonaro

Publicado

on

Bolsa Família é um programa destinado a brasileiros que estão em situação de extrema pobreza. O programa começou a funcionar em 2004 e recentemente com os impactos da pandemia tem se comentado muito a respeito do programa. Com isso, nesta quinta-feira, em live nas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro disse que tem planos para aumentar o valor do benefício.

O presidente deixou claro que seu ministro da Economia, Paulo Guedes, está a um tempo analisando o programa e pretende modificá-lo. Os estudos apontam para um aumento de pelo menos 50% de acordo com Bolsonaro. Atualmente o valor base do Bolsa família é de R$ 89,00 por mês, com o aumento dos produtos e serviços, já está na hora de aumentar o benefício também.

Além disso, a jornalista do Globo, Malu Gaspar acrescentou que o presidente está sendo fortemente pressionado por líderes do Centrão. O grande motivo dessa pressão é para que o presidente estenda o Auxílio Emergencial até o fim do mandato como tática política para reeleição.

Bolsa Família e a live do presidente

Durante a sua live, o presidente Jair Bolsonaro fez questão de comentar sobre as pautas referentes aos ataques dos protestos do último sábado. Vale ressaltar que a situação do presidente não está boa, a sua popularidade está em queda e a CPI da Covid também o tem pressionado. Nesse contexto, Bolsonaro usou da sua live para falar sobre Auxílio Emergencial e Bolsa Família.

Em um trecho da live, o presidente afirmou: “Tem gente que fala que o Auxílio Emergencial, que está em R$ 250, é um absurdo, muito pouco. Concordo. Mas vocês nunca falaram que o Bolsa Família está hoje, em média, R$ 192. Resolveram falar que (R$ 250) é pouco por conta da pandemia. Quando não tinha pandemia, o pobre podia continuar vivendo com R$ 192, que é pouco”.

Jair ainda completou dizendo que está trabalhando junto com Paulo Guedes para um valor de benefício do Bolsa Família maior. Ele afirma que as discussões sobre o assunto estão sendo feitas de forma responsável para não prejudicar a economia do país. Ademais, o aumento que está sendo cogitado é no mínimo 50% no valor base do Bolsa Família.

Ainda na Live, Bolsonaro comentou sobre a previsão de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do país. Ele descreveu o atual momento como “semana de glória”, pois a previsão é de que o PIB vai crescer pelo menos 4% em 2021.

O aumento no preço dos combustíveis

Durante uma parte da entrevista o Bolsonaro também abordou e criticou o tema dos combustíveis. Para ele, o preço dos combustíveis deveria ter um valor fixo, similar àquele que sai da refinaria, pois agora o preço está diferente em cada estado. Isso é decorrência do ICMS que é regulado individualmente pelos estados.

Na fala o presidente afirmou: “Cada estado cobra o que bem entende (de ICMS). E cobra em cima do preço médio que você paga na bomba. Tem que ser o preço da refinaria (que é menor) ou um valor fixo. Que seja um valor fixo. Conversei com o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL). Vai botar um projeto em votação que trata desse assunto”.

Vale destacar que o presidente tem uma ligação boa com a classe dos caminhoneiros e busca manter essa relação tentando atender as reivindicações do setor. Dessa vez ele atacou a redução no preço do diesel.

Por fim, como forma de ganhar popularidade para a reeleição, Bolsonaro está procurando fortalecer sua relação com as classes menos favorecidas. Isso fica evidente quando ele se demonstra preocupado com os programas assistencialistas como Auxílio Emergencial e Bolsa Família.

Fonte: Notícias Concursos

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

Clique aqui e siga-nos no Twitter

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de Telegram

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WPP-1024x338.jpg

PUBLICIDADE

Publicidade

COLUNISTA FOTOGRAFICO

COLUNISTA VARIEDADE

Publicidade
error: O conteúdo está protegido !!