Connect with us

destaque

Auxílio não caiu na conta? veja o que pode ter acontecido

Publicado

on

A Caixa Econômica Federal começou nesta semana a liberação da quinta parcela do Auxilio Emergencial. Trata-se portanto do primeiro pagamento da prorrogação do benefício. Ao todo, cerca de 37 milhões de brasileiros são usuários deste projeto. E pelo menos uma parte deles já recebeu o montante em questão.

Se o cidadão está no grupo de pessoas que já receberam o dinheiro da quinta parcela e o montante ainda não caiu na conta, é hora de se preocupar. É que de acordo com informações da própria Caixa Econômica, o Governo Federal não está atrasando nenhum pagamento do benefício. Então é preciso procurar saber o que aconteceu.

Uma hipótese possível é que o Auxílio tenha passado por um cancelamento. É que a Dataprev segue realizando análises nas contas dos usuários do projeto. E muitas pessoas que não estariam mais dentro de todos os requisitos do programa estão recebendo bloqueios, suspensões e cancelamentos dos seus perfis.

Para saber se isso aconteceu, o cidadão precisa ir até o site oficial da consulta do Auxílio Emergencial. Por lá, basta inserir alguns dados pessoais básicos como número do cpf, nome completo, nome completo da mãe e data de nascimento. Pronto. O próprio sistema vai informar na hora como está a situação da conta do usuário em questão.

Como resolver

Em caso de cancelamento, o cidadão pode recorrer da decisão. Ele tem, no entanto, apenas 10 dias para fazer isso. É justamente por isso que é tão importante ficar de olho neste site constantemente. Nos casos de bloqueios, essas pessoas terão mais tempo para fazer a contestação.

Vale lembrar, no entanto, que nem todo mundo pode recorrer da decisão. De acordo com a Dataprev, em alguns casos os beneficiários passam por cancelamentos definitivos. Se essa for a situação, a saída é mesmo buscar ajuda na Defensoria Pública da União (DPU).

Caso o site indique que o benefício está ativo, não passou por cancelamento e ainda assim o dinheiro não está na conta, o trabalhador precisa tomar outro caminho. Nessa situação, ele precisa entrar em contato com a Caixa Econômica Federal. É portanto o banco que faz a liberação da quantia.

Para isso, basta ligar para o número 121 do Ministério da Cidadania ou entrar em contato com a Caixa através das suas redes sociais. Normalmente os agentes respondem as mensagens privadas. Em último caso, a pessoa também pode tentar ir até uma agência para falar com um atendente pessoalmente.

Auxílio Emergencial

De acordo com as informações do Ministério da Cidadania, o Auxílio Emergencial deste ano está fazendo pagamentos para algo em torno de 37 milhões de brasileiros. Esse número chegou a ser de 39 milhões no início dos repasses do programa.

Esse quantitativo, aliás, caiu justamente por causa dos bloqueios que ocorreram depois das análises do Dataprev. Esse é o órgão do Governo que decide quem pode e quem não pode receber o Auxílio Emergencial. Eles se baseiam portanto nos dados dos usuários do programa.

Vale lembrar que muita gente não gosta nada desses bloqueios. Nas redes sociais, muitos usuários afirmam que os cancelamentos estariam acontecendo por motivos inexistentes. A Dataprev nega essa possibilidade.

Notícias Concursos

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

Clique aqui e siga-nos no Twitter

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de Telegram

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WPP-1024x338.jpg
Publicidade

PUBLICIDADE

Publicidade

COLUNISTA FOTOGRAFICO

COLUNISTA VARIEDADE

Publicidade