Connect with us

destaque

Auxílio emergencial: prazo para a contestação da negativa está acabando

Publicado

on

O Governo Federal realizou mais de 2 milhões de cortes no Auxílio Emergencial desde o início dos pagamentos do programa ainda em abril deste ano. De acordo com o Dataprev, pelo menos uma parte dessas pessoas está tendo nesta semana a oportunidade de contestar o resultado da negativa.

Como dito, não é todo mundo que pode fazer isso. Essa possibilidade vale apenas para as pessoas que tiveram o cancelamento neste mês de julho. E mesmo assim não são todos os cidadãos. São apenas aqueles que não passaram pelo bloqueio definitivo. Eles terão até o próximo dia 24 para fazer isso.

O Dataprev alerta que quem não respeitar esse prazo não vai poder reclamar depois. Acontece que a ideia do órgão é justamente estabelecer essa data para evitar se concentrar neste problema muito tempo depois. É justamente por isso que é importante ficar de olho no site oficial da consulta do benefício na internet.

É que é justamente este site que vai mostrar essa informação do cancelamento ou não do programa. Ao entrar na página inicial, o trabalhador vai precisar inserir os seus dados pessoais básicos. Logo depois, o Dataprev vai informar se a conta está cancelada ou não. No caso do bloqueio, eles informam o motivo para tal decisão.

Se o trabalhador não concordar com a justificativa, ele vai poder fazer a contestação. Para isso, basta clicar no ícone i, para obter mais informações. Logo depois, ele vai perceber que vai aparecer um botão de contestação. Aí é só clicar nele, seguir o passo a passo e esperar pela reanálise do Dataprev. Não há uma previsão de datas para o novo resultado.

Contestação

Nas redes sociais, no entanto, muita gente está reclamando desse processo de contestação. É que esses trabalhadores estão alegando que esse botão de questionamento do resultado simplesmente não está aparecendo para eles.

Quando isso acontece, não é um problema do computador ou da internet do usuário. É que acontece que o Dataprev considera que alguns bloqueios são definitivos. Por isso, eles afirmam que essas pessoas não possuem o direito de contestar.

Apesar de muita gente reclamar dessa lógica, o órgão afirma que não vai mudar o seu posicionamento quanto a isso. Por isso, a tendência é que muitas pessoas tenham o cancelamento sem a possibilidade de questionar o resultado.

Auxílio Emergencial

E essa lógica do Dataprev deve seguir pelos próximos meses. Vale lembrar que o Governo Federal anunciou há algumas semanas a prorrogação do benefício por mais três meses. Assim, o projeto deverá durar até, pelo menos, o próximo mês de outubro.

De acordo com o Governo Federal, a ideia desses bloqueios do Dataprev é justamente evitar que fraudes sigam acontecendo. Segundo informações oficiais, o Planalto gastou bilhões de reais em pagamentos indevidos do Auxílio no passado.

A ordem dentro do Ministério da Economia neste momento é justamente evitar que esse cenário se repita. Por isso, eles afirmam que irão continuar com as reanálises até o fim do Auxílio Emergencial, independente do tamanho da prorrogação do projeto.

Notícias Concursos

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

Clique aqui e siga-nos no Twitter

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de Telegram

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WPP-1024x338.jpg

PUBLICIDADE

Publicidade

COLUNISTA FOTOGRAFICO

COLUNISTA VARIEDADE

Publicidade