Connect with us

destaque

Auxílio emergencial: Mais dois grupos recebem 4ª parcela. Veja

Publicado

on

Mais dois grupos de trabalhadores devem receber a quarta parcela do Auxílio Emergencial nesta quarta-feira (28). Pelo menos é isso o que indicam as informações do calendário oficial do programa. Segundo esses dados, esse dinheiro está disponível na conta dessas pessoas desde as primeiras horas da manhã.

Hoje é o dia dos informais que nasceram no mês de outubro. De acordo com as informações oficiais da Caixa, essas pessoas podem movimentar o dinheiro da quarta parcela do Auxílio de maneira digital. Nesse primeiro momento eles precisam usar o aplicativo Caixa Tem ou o Internet Banking para conseguir fazer isso.

De acordo com a Caixa, é possível realizar uma série de movimentações da quantia por esse aplicativo. Essas pessoas podem, por exemplo, realizar o pagamento de boletos. Além disso, eles podem também fazer algumas compras online e até mesmo presenciais nos estabelecimentos que aceitam oficialmente o dinheiro do Auxílio.

Para esse grupo de pessoas, os saques também serão liberados, mas não agora. Ainda de acordo com o calendário oficial da Caixa Econômica, eles só poderão fazer isso a partir do próximo dia 16 de agosto. Nesta data, eles poderão ir para um caixa eletrônico e realizar a retirada da quantia em espécie.

Nesta quarta-feira (28), outro grupo também recebe o dinheiro da quarta parcela do Auxílio Emergencial. São as pessoas que fazem parte do Bolsa Família e que possuem o Número de Inscrição Social (NIS) terminando em 8. No caso desses brasileiros não é preciso esperar até uma data da liberação dos saques. Eles podem retirar a quantia no exato dia da liberação da parcela.

Auxílio Emergencial

De acordo com informações do Ministério da Cidadania, cerca de 37 milhões de brasileiros são usuários do Auxílio Emergencial no Brasil hoje. Esse número chegou a ser maior há alguns meses atrás. O benefício começou realizando repasses para 39 milhões em abril.

Essa queda aconteceu porque o Dataprev está fazendo reanálises constantes nessas milhões de contas. Então é natural que eles encontrem possíveis irregularidades e acabem optando pelo cancelamento do benefício.

Muita gente está criticando esses bloqueios. Nas redes sociais, várias pessoas estão dizendo que tiveram cancelamentos nos seus auxílios. O Dataprev alega que a maioria desses cidadãos pode recorrer da decisão.

Prorrogação

Recentemente, o próprio Governo Federal anunciou oficialmente a prorrogação do Auxílio Emergencial por mais três meses. Com isso, o projeto deverá seguir fazendo pagamentos por mais três meses. Pelo menos essa é a ideia.

No entanto, de acordo com o Ministro da Economia, Paulo Guedes, essa prazo pode ficar até maior. Segundo ele, o Governo Federal pode aplicar uma segunda prorrogação no benefício se a pandemia não apresentar uma melhora nos números.

De acordo com o Presidente Jair Bolsonaro, a ideia central do Governo neste momento é acabar com os pagamentos do Auxílio Emergencial no próximo mês de outubro, e começar os repasses do novo Bolsa Família a partir de novembro.

Assim, algumas pessoas que estão no Auxílio Emergencial poderão migrar para o novo Bolsa Família. Agora falta saber quantas seriam. Ainda não há, no entanto, uma definição quanto a isso.

Notícias Concursos

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

Clique aqui e siga-nos no Twitter

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de Telegram

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WPP-1024x338.jpg
Publicidade

PUBLICIDADE

Publicidade

COLUNISTA FOTOGRAFICO

COLUNISTA VARIEDADE

Publicidade
error: O conteúdo está protegido !!